Apesar das altas nos valores médios dos combustíveis, Petrobras reduziu os preços da gasolina nas refinarias
shutterstock
Apesar das altas nos valores médios dos combustíveis, Petrobras reduziu os preços da gasolina nas refinarias


Conforme a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombusttíveis (ANP), os preços médios dos combustíveis subiram nos postos nesta semana com depois de uma série de reduções na semana anterior.

LEIA MAIS: Inflação acelera e fica em 0,19%, mas tem menor taxa para o mês em 5 anos

No caso do diesel , o combustível mais utilizado no Brasil, a cotação média da semana ficou em R$ 3,525 por litro, o que representa um aumento de 0,03%, segundo aumento seguido após três semanas em queda.

Você viu?

Já a gasolina passou a ficar 0,016% mais cara na semana na comparação com a anterior, cotada em média em R$ 4,326 por litro, interrompendo uma série de 12 semanas de queda nos valores cobrados nos postos.

LEIA MAIS: Dólar volta a subir e é negociado a R$ 3,93 nesta sexta-feira

E o valor médio cobrado pelo etanol hidratado teve alta na semana de 0,7%, passando a ser oferecido, em média, por R$ 2,818 por litro.

Apesar das altas, a Petrobras reduziu os preços da gasolina nas suas refinarias na última sexta-feira (16) em R$ 0,10 por litro e não adotou reajuste no diesel.

LEIA MAIS: Preço do café arábica e robusta amanhece mais caro nesta sexta-feira

Porém, os repasses nos valores dos combustíveis para o consumidor final estão atrelados a uma série de fatores, entre os quais como impostos, margens de distribuição e revenda e mistura de biocombustíveis. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários