Tamanho do texto

Liberação dos recursos totalizará R$ 42 bilhões

Agência Brasil

pessoas na fila do banco esperam fgts arrow-options
Divulgação/Caixa Econômica Federal
Regras sao detalhadas na tarde desta quarta-feira


O governo federal detalha agora à tarde as regras para liberação dos saques de contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Mais cedo, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que o saque será limitado a R$ 500 e poderá ser feito de setembro de 2019 a março de 2020.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a liberação de recursos do FGTS e do Programa de Integração Social (PIS) totalizará R$ 42 bilhões até o fim do ano que vem. Segundo ele, a injeção de recursos na economia deverá somar R$ 30 bilhões neste ano e R$ 12 bilhões em 2020.

Assista ao vivo: