Tamanho do texto

Diário Oficial da União oficializou destituição nesta quarta-feira (17), sem indicar razões para a mudança, que já fora ventilada por Bolsonaro. Confira

Sebastião Barbosa, presidente da Embrapa arrow-options
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Governo demitiu Sebastião Barbosa, presidente da Embrapa

O Diário Oficial da União oficializou nesta quarta-feira (17) a demissão do presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Sebastião Barbosa, após definição em Reunião Extraordinária nesta terça. Assume em seu lugar de forma interina Celso Luiz Moretti, diretor de pesquisas da entidade.

Leia também: FGTS e PIS-Pasep podem levar R$ 63 bilhões para a economia, diz Paulo Guedes

Segundo o Ministério da Agricultura , ainda não há um nome definitivo para assumir o cargo. O texto divulgado pelo Diário Oficial não detalha a saída, limitando-se a informar a destituição imediata a partir desta quarta. A portaria foi assinada por Fernando Silveira Camargo, secretário de Inovação do Ministério da Agricultura.

Sebastião Barbosa assumiu o cargo em outubro de 2018, no governo do ex-presidente Michel Temer (MDB), e é engenheiro agrônomo especialista em entomologia (estudo dos insetos). Ele foi contratado pela Embrapa em 1976 para atuar em programas de controle e erradicação de pragas.

Leia também: Medida Provisória pode deixar aposentadoria de servidores públicos mais difícil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, durante encontro com parlamentares da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) no início deste mês, que a Embrapa seria "repotencializada". À época, o capitão reformado chegou a dizer que “Eu e Tereza Cristina (ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) estamos discutindo nomes para assumi-la. Essa questão está caminhando muito bem”, já indicando mudanças na empresa de pesquisas.