Tamanho do texto

Já na comparação com igual período do ano passado, houve avanço de 7,1%

A produção industrial (PIM) brasileira recuou 0,2% em maio deste ano, na comparação com abril. Em relação à comparação interanual (maio de 2019 contra o mesmo mês do ano anterior), a alta foi expressiva, de 7,1%. No ano, o indicador acumula queda de 0,7%. Os números foram divulgados pelo IBGE nesta terça-feira (2).

Leia também: Balança comercial tem saldo positivo no 1º semestre, mas recua frente a 2018

Produção da indústria
Arquivo/Agência Brasil
Desde o início do ano, o setor da indústria aponta queda de 0,7%, segundo dados do IBGE

O número da comparação interanual, embora surpreendente, deve ser analisado com cautela, ressaltam os economistas. Em maio de 2018, o Brasil sofreu com o efeito da greve dos caminhoneiros, o que derrubou os indicadores econômicos . Na ocasião, a PIM apresentou um tombo de 10,9% na comparação com o mês anterior.

Em relação ao baixo crescimento na comparação entre os meses deste ano, a fraqueza da indústria , na leitura dos especialistas, é causada pela lenta retomada da economia.

Leia também: Mercado reduz estimativas de crescimento da economia e inflação em 2019

Na véspera, no Boletim Focus, os economistas consultados pelo Banco Central (BC) projetam que a indústria cresça 0,71%. Na semana anterior, a projeção era de alta de 0,72%. Há um mês, o percentual era bem superior: 1,49%.