Brasil Econômico

Bolsonaro e Paulo Guedes
Isac Nóbrega
Governo vai rever para baixo sua estimativa de crescimento do PIB para este ano

O governo vai rever para baixo sua estimativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB, soma de bens e serviços produzidos em um país) para este ano, atualmente em 1,6%. A informação foi dada, nesta segunda-feira (24), por Marco Cavalcanti, subsecretário de política fiscal da Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia.

Cavalcanti lembrou que, de acordo com a pesquisa Focus , realizada semanalmente pelo Banco Central, o mercado espera uma variação de 0,87% do PIB . "Vamos rever nossa estimativa em breve, devido a uma deterioração muito rápida das expectativas", disse o técnico.

O subsecretário afirmou que a nova projeção deverá ser tornada pública antes mesmo da divulgação do relatório bimestral de receitas e despesas, marcada para o próximo dia 22 de julho. Além do PIB e de dados do Orçamento, o governo traz dados como contingenciamento de recursos, inflação, massa salarial, entre outros indicadores.

Ele não revelou o número com o qual a área econômica do governo está trabalhando. Limitou-se a dizer que a nova estimativa será divulgada "muito provavelmente" antes do relatório bimestral.

Leia também: Dificilmente teremos concursos no Brasil nos próximos anos, diz Bolsonaro

Em maio, o governo reviu sua projeção de crescimento do PIB de 2,2% para 1,6%. Na época, a nova estimativa chegava a ser mais otimista do que a do mercado, que estava em 1,24% para 2019.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários