Tamanho do texto

Joaquim Levy, presidente do banco, diz que resultado "Mostra que o BNDES continua muito vigoroso"; crescimento anual foi expressivo, de 436,7%

Joaquim Levy, presidente do BNDES
Tânia Riego/Agência Brasil
BNDES registrou lucro de R$ 11,1 bilhões no primiro trimestre deste ano

O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) registrou lucro de R$ 11,1 bilhões no primeiro trimestre de 2019. O resultado representa um crescimento de 436,7% em relação ao mesmo período do ano passado, quando o lucro foi de R$ 2,1 bilhões.

Leia também: Corte de 90% nas normas de segurança do trabalho pode gerar ainda mais acidentes

De acordo com o presidente do banco, Joaquim Levy, o resultado "Mostra que o BNDES continua muito vigoroso”. A instituição discutiu os resultados nesta terça-feira (14), em sua sede, onde foi apresentado e celebrado o balanço. Também no último trimestre, o resultado do BNDES com participações societárias foi 725,5% superior ao atingido nos três primeiros meses de 2018.

Segundo o banco, o desempenho positivo com participações societárias do Sistema BNDES (incluindo BNDESPAR) foi um dos fatores que contribuíram para o resultado. Esse valor refletiu o crescimento de R$ 9,3 bilhões (1081,0%) do resultado com alienações de investimentos, de acordo com Joaquim Levy , com destaque para a alienação de ações da Fibria, Petrobras, Vale e Rede.

Leia também: BC vê primeiro trimestre "aquém do esperado" e País pode ter recessão técnica

O lucro também reflete, segundo o BNDES , o aumento de R$ 1,1 bilhão do produto com intermediação financeira, representando 45% a mais que o primeiro trimestre de 2018, como resultado da redução da dívida com o Tesouro Nacional ao longo do ano passado, processo que foi retomado em 2019.