Tamanho do texto

Segundo o presidente Jair Bolsonaro, revisão dos patrocínios culturais da Petrobras serão revistos para “saber o que fazem com bilhões de reais"

Jair Bolsonaro
Reprodução/TV Brasil
Bolsonaro desconfia da aplicação dos patrocínios da Petrobras

O governo federal determinou a revisão dos contratos da Petrobras que estão em vigor para patrocínios ligados ao setor de cultura. Em publicação neste domingo (21) no Twitter, o presidente Jair Bolsonaro disse que a revisão tem o objetivo de “saber o que fazem com bilhões de reais da população brasileira”.

Leia também: Para Guedes, Petrobras tem de ser o 'Copom do petróleo'

Lançado em 2003, o Programa Petrobras Cultural patrocina projetos de música, artes cênicas e audiovisual. De acordo com a empresa, mais de 4 mil ações já receberam ajuda do programa. A seleção dos projetos se dá por chamadas públicas e por escolha direta. A última chamada aberta pela companhia foi em 4 de dezembro do ano passado. A “Petrobras Música em Movimento 2018” tinha valor total previsto de R$ 10 milhões.

Leia também: Petrobras dispara mais de 3% após aumento no diesel e puxa alta da Bolsa