Tamanho do texto

Taxa já vale para passagens compradas desde quarta-feira (13) para voos marcados para depois de domingo (17); cobrança já existia em voos nacionais

Clientes da Latam precisão pagar uma taxa extra se quiserem escolher seus assentos em voos internacionais pela companhia
Antonio Cruz/Agência Brasil
Clientes da Latam precisão pagar uma taxa extra se quiserem escolher seus assentos em voos internacionais pela companhia


A Latam começou a cobrar uma taxa para clientes que quiserem escolher seus assentos em voos internacionais. A medida começou a valer na quarta-feira (13) para compradores de passagens de viagens internacionais que vão acontecer a partir de domingo (17).

Leia também: Latam e Azul estão entre as companhias aéreas mais pontuais do mundo; veja lista

De acordo com a Latam , a cobrança será de US$ 15 a US$ 20, dependendo do tipo de bilhete comprado, em viagens para os Estados Unidos, Europa e Ásia, e de US$ 6 a US$ 8 em voos para outros países da América do Sul e para o México.

Para clientes que comprarem passagens de voos internacionais nas tarifas mais caras, das categorias Top e Plus, a taxa extra não será cobrada. Já para os passageiros que optarem por não fazer a escolha do assento e não pagar a tarifa, as poltronas serão escolhidas de forma automática cerca de 48 horas antes do voo.

A empresa informou, no entanto, que famílias que viajarem com crianças pequenas, entre 2 e 12 anos, poderão reservar assentos próximos uns aos outros sem a cobrança da taxa.

A Latam também afirmou que a medida faz parte "da nova experiência que a empresa começou a oferecer em 2016, quando promoveu alternativas de perfis de tarifas para que os passageiros paguem somente pelo serviço que utilizam ou valorizam".

Leia também: Governo vai desestatizar todos os aeroportos do País e extinguir Infraero

A taxa extra já existe em voos nacionais desde agosto de 2017. Nestes, a companhia aérea cobra entre R$ 20 e R$ 30 para que seus clientes escolham um assento, também de acordo com o tipo de bilhete adquirido.

Além da Latam, outras companhias aéreas já cobram por escolha de assento

Entre Latam, Avianca, Gol e Azul, a última é a única  que não cobra taxa para escolha de assentos em voos internacionais
Divulgação
Entre Latam, Avianca, Gol e Azul, a última é a única que não cobra taxa para escolha de assentos em voos internacionais


Entre as companhias Avianca, Azul, Gol e Latam, a Azul é a única que não cobra taxa extra para escolha de assentos em voos internacionais. Os valores pedidos pela Avianca são a partir de R$ 89, enquanto os da Gol vão de R$ 15 a R$30. Apesar disso, a Gol permite que, faltando 48 horas para o avião decolar para outros países, a escolha seja feita de forma gratuita.

Leia também: Bolsonaro não vai exercer poder de veto e permitirá fusão entre Embraer e Boeing

Entre os voos nacionais, além da Latam , as outras três empresas também realizam as cobranças. Para voos da Avianca, a taxa fica a partir de R$ 30. Já na Azul, o valor é partir de R$ 15 e de R$ 15 a R$ 30 na Gol. Neste caso, Gol e Azul permitem escolhas gratuitas 48 horas antes do voo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas