Tamanho do texto

Alteração vale para benefícios com valor acima de R$ 998 e começa a ser paga já em 25 de janeiro; confira o calendário completo dos pagamentos

Beneficiários do INSS que recebem acima de um salário mínimo terão reajuste de 3,43%
Agência Brasil
Beneficiários do INSS que recebem acima de um salário mínimo terão reajuste de 3,43%


Os aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que ganham mais do que um salário mínimo (R$ 998, em 2019) terão reajuste de 3,43% em seus benefícios. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (16) pela Portaria do Ministério da Economia, que publicou o novo valor no Diário Oficial da União (DOU).

A mudança no valor do benefício foi confirmada na última sexta-feira (11), após a divulgação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O indicador, que fechou o ano de 2018 em 3,75% , mede a inflação oficial do Brasil e é usado para reajustar o INSS de quem recebe acima do piso nacional.

Com o reajuste, um aposentado ou pensionista que recebia R$ 1.000 reais em 2018, por exemplo, passa a ganhar R$ 1.034,30 em 2019. Já o teto da Previdência Social , ou seja, o valor máximo pago, deve ficar em R$ 5.839,45 -  no ano passado, era de R$ 5.645,80.

No ano passado, o aumento do benefício havia sido de 2,07%. O reajuste do INSS , neste ano, será menor que o do salário mínimo  , que subiu 4,61%, passando de R$ 954 para R$ 998 no dia 1º de janeiro .  

A portaria também informou que os pagamentos atualizados já começam no primeiro benefício do ano, que será pago entre 25 de janeiro e 7 de fevereiro.

Confira o calendário de pagamentos do INSS de 2019

Valores atualizados do INSS começam a ser pagos já em janeiro
Sérgio Moraes/AGU
Valores atualizados do INSS começam a ser pagos já em janeiro


A tabela de pagamentos do INSS 2019 já foi divulgada. As datas variam de acordo com o valor a ser recebido e o número final do benefício, desconsiderando o dígito. Confira as datas de recebimento deste ano:

Final 1

Para quem ganha até um salário mínimo:  25/01; 22/02; 25/03; 24/04; 27/05; 24/06; 25/07; 26/08; 24/09; 25/10; 25/11 e 20/12

Para quem ganha mais de um salário mínimo: 01/02; 01/03; 01/04; 02/05; 03/06; 01/07; 01/08; 02/09; 01/10; 01/11; 02/12 e 02/01/20

Final 2

Para quem ganha até um salário mínimo:  28/01; 25/02; 26/03; 25/04; 28/05; 25/06; 26/07; 27/08; 25/09; 28/10; 26/11 e 23/12

Para quem ganha mais de um salário mínimo:  04/02; 07/03; 02/04; 03/05; 04/06; 02/07; 02/08; 03/09; 02/10; 04/11; 03/12 e 03/01/20

Final 3

Para quem ganha até um salário mínimo:  29/01; 26/02; 27/03; 26/04; 29/05; 26/06; 29/07; 28/08; 26/09; 29/10; 27/11 e 26/12

Para quem ganha mais de um salário mínimo: 05/02; 08/03; 03/04; 06/05; 05/06; 03/07; 05/08; 04/09; 03/10; 05/11; 04/12 e 06/01/20

Final 4

Para quem ganha até um salário mínimo:  30/01; 27/02; 28/03; 29/04; 30/05; 27/06; 30/07; 29/08; 27/09; 30/10; 28/11 e 27/12

Para quem ganha mais de um salário mínimo:  06/02; 11/03; 04/04; 07/05; 06/06; 04/07; 06/08; 05/09; 04/10; 06/11; 05/12 e 07/01/20

Final 5

Para quem ganha até um salário mínimo: 31/01; 28/02; 29/03; 30/04; 31/05; 28/06; 31/07; 30/08; 30/09; 31/10; 29/11 e 30/12

Para quem ganha mais de um salário mínimo:  07/02; 12/03; 05/04; 08/05; 07/06; 05/07; 07/08; 06/09; 07/10; 07/11; 06/12 e 08/01/20

Final 6

Para qualquer valor:  01/02; 01/03; 01/04; 02/05; 03/06; 01/07; 01/08; 02/09; 01/10; 01/11; 02/12 e 02/01/20 

Final 7

Para qualquer valor:  04/02; 07/03; 02/04; 03/05; 04/06; 02/07; 02/08; 03/09; 02/10; 04/11; 03/12 e 03/01/20

Final 8

Para qualquer valor:  05/02; 08/03; 03/04; 06/05; 05/06; 03/07; 05/08; 04/09; 03/10; 05/11; 04/12 e 06/01/20

Final 9

Para qualquer valor:  06/02; 11/03; 04/04; 07/05; 06/06; 04/07; 06/08; 05/09; 04/10; 06/11; 05/12 e 07/01/20

Leia também: Governo de São Paulo libera parcelamento do IPVA no cartão de crédito 

Final 0

Para qualquer valor:  07/02; 12/03; 05/04; 08/05; 07/06; 05/07; 07/08; 06/09; 07/10; 07/11; 06/12 e 08/01/20