Tamanho do texto

Ao todo, a Receita restituirá R$ 1,9 bilhão a 1.142.680 contribuintes; a consulta ao sexto lote já havia sido liberada na última sexta-feira, dia 9

Relação dos contribuintes que irão receber essa restituição do Imposto de Renda está disponível no site da Receita
shutterstock
Relação dos contribuintes que irão receber essa restituição do Imposto de Renda está disponível no site da Receita

A Receita Federal paga, nesta sexta-feira (16), o sexto lote da restituição do Imposto de Renda Pessoa Física da declaração de 2018. O pagamento que será feito hoje também vai contemplar aqueles lotes residuais que estiverem pendentes das declarações de 2008 a 2017.

Leia também: Reforma trabalhista limita se funcionário deve receber por deslocamento, diz TRT

Ao todo, a Receita restituirá R$ 1,9 bilhão a 1.142.680 contribuintes. Desse total, 991.153 declarações são do  imposto de renda deste ano, cujo pagamento totalizará R$ 1,676 bilhão.

Para saber se você é um dos contribuintes que vai receber o pagamento desta sexta, basta acessar ao site oficial da Receita Federal. A  consulta ao sexto lote foi liberada na última sexta-feira, dia 9.

Essas restituições terão correção de 4,16%, relativa às declarações de 2018, a 106,28%, para as declarações de 2008. Os índices são equivalentes à taxa Selic – juros básicos da economia – que vem sendo acumulada entre a data de entrega da declaração até este mês de novembro.

Para aqueles que tem direito a valores a serem devolvidos, a restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá fazer requerimento, por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF. 

Caso você não queira ou não possa acessar ao site da Receita para saber se você é um dos contribuintes que receberá o pagamento, a consulta sobre esse lote também pode ser feita pelo telefone 146 ou nos aplicativos da Receita Federal para tablets e smartphones.

Caso o valor não seja creditado nas contas informadas na declaração, o contribuinte deverá receber o dinheiro em qualquer agência do Banco do Brasil.

Leia também: Confira cinco dicas para deixar a ansiedade de lado no trabalho

Também é possível ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito da restituição do imposto de renda em conta-corrente ou poupança, no nome do declarante, em qualquer banco.

* Com informações da Agência Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.