Tamanho do texto

De acordo com testemunhas, os adolescentes estavam acompanhados do pai, que saiu do estabelecimento quando a confusão começou em uma das unidades de Boston, Estados Unidos; uma cliente filmou a agressão

A agressão no McDonald's aconteceu por volta das 23h de terça-feira
shutterstock
A agressão no McDonald's aconteceu por volta das 23h de terça-feira

Nessa semana, dois irmãos com 16 e 19 anos bateram em um funcionário do McDonald’s na cidade de Boston, Estados Unidos. De acordo com testemunhas, os adolescentes estavam bêbados e acompanhados do pai, que deixou o estabelecimento após o início da agressão no McDonald’s.

Leia também: Funcionária e cliente do Mc Donald's brigam em frente a outros clientes; assista

O caso aconteceu nessa terça-feira (7) e teve grande repercussão local. Diante do ocorrido, a mãe dos irmãos declarou, por meio de postagens nas redes sociais, visualizadas pelo Daily Mail , que estava muito triste e envergonhada com o caso de agressão no McDonald’s de autoria de seus filhos e pediu desculpas.

O incidente aconteceu por volta das 23h, depois do estabelecimento pedir para os adolescentes irem embora pois tentaram trancar um funcionário no banheiro e mexeram em seu boné repetidas vezes.

Na postagem, a mãe também disse que não é aceitável o que aconteceu e que, portanto, sabe muito bem o que houve ali. Além disso, a mulher pediu para que as pessoas parem de fazer comentários de ódio, porque "já está machucada o suficiente" com o que os filhos fizeram.

Agressão no McDonald’s foi gravada

Agressão no McDonald's aconteceu após funcionários pedirem para os adolescentes se retirarem da loja
Reprodução
Agressão no McDonald's aconteceu após funcionários pedirem para os adolescentes se retirarem da loja

Witness Jasmine Brudenall, de 28 anos, filmou a agressão contra o funcionário  e declarou ao site internacional Metro que os garotos estavam muito bêbados, e que não tinha como fazer alguma coisa para impedi-los, já que eles teriam machucado qualquer outra pessoa que estivesse pelo caminho. Do outro lado do salão, havia idosos e crianças. Confira o vídeo:

A testemunha ainda disse que, depois que os agressores foram embora, o funcionário foi para a parte de trás da loja acompanhado de outros colegas de trabalho. A polícia chegou 10 minutos depois.

Após o ocorrido, um porta-voz do McDonald’s disse que “a segurança e de nossos trabalhadores e clientes é prioridade absoluta e é extremamente decepcionante e inaceitável ver um de nossos clientes se comportando dessa maneira”.

O porta-voz ainda esclareceu que, no momento, o estabelecimento está revisando as medidas de segurança para garantir um ambiente de trabalho seguro para que um novo caso de agressão no McDonald’s não aconteça.