Tamanho do texto

Segundo especialistas, o produto químico quase ingerido pela mulher é solução à base de ácido, que deve ser manuseado com luvas de borracha e proteção para olhos; dono da franquia explicou motivo do acidente em nota

Estabelecimento entregou McCafé errado enquanto fazia a limpeza de uma das máquinas
shutterstock
Estabelecimento entregou McCafé errado enquanto fazia a limpeza de uma das máquinas

Uma mulher grávida de sete meses pediu um latte  em um drive thru do McDonald's, mas, em vez disso, recebeu um produto de limpeza no lugar da bebida. De acordo com o portal CBC , Sarah Douglas percebeu que havia algo errado com o seu McCafé enquanto dirigia até o torneio de beisebol do seu filho. O caso aconteceu na província de Alberta, no Canadá.

Leia também: Que nojo! Aranha morta é encontrada dentro de sanduíche do McDonald's

A consumidora notou a presença do produto químico no momento em que ia engolir o ” McCafé ”. Com o susto, ela parou imediatamente o carro, ligou o pisca alerta e cuspiu o produto. Após enxaguar a boca com água para se livrar o mais rápido possível do gosto ruim e um eventual risco, Douglas abriu a tampa do latte e sentiu o cheiro forte de substância química.

Ainda sem acreditar no que tinha acontecido, retornou ao McDonald's e, ao contar sobre o que tinha acontecido, o supervisor responsável da loja perguntou se "ela queria um novo café com leite". Depois de negar a oferta, ela informou que gostaria de falar com o gerente, mas só conseguiu falar com ele por telefone.

Leia também: McDonald's retira salada de 3 mil restaurantes após clientes contraírem infecção

De acordo com equipe especializada em envenenamentos, o produto químico ingerido por Douglas é uma solução à base de ácido. Como informa o rótulo, a substância é tão nociva que deve ser, inclusive, manuseada por luvas de borracha e com olhos protegidos. Além disso, caso a substância entre em contato com a pele, é preciso enxaguar com água imediatamente.

Por que entregaram um McCafé errado?

Após incidente com o McCafé consumidora pediu para uma empresa analisar a substância
shutterstock
Após incidente com o McCafé consumidora pediu para uma empresa analisar a substância

Dan Brown, o dono da franquia do McDonald’s envolvida nesse caso, explicou, por meio de um comunicado, que a máquina estava sendo higienizada no momento em que o pedido da consumidora foi feito no drive thru, como acontece todos os dias, e que, por isso, a  substância química acabou se infiltrando no canal da máquina responsável pelo leite.

Leia também: McDonald's pagará R$ 10 mil a cliente que encontrou barata em sanduíche

Vale destacar que, embora o produto tenha entrado em contato com a boca da consumidora, ela não ingeriu uma quantidade significativa da substância. O médico dela, inclusive, já disse que a grávida não sofrerá nenhum efeito persistente após o incidente com o McCafé .