Tamanho do texto

Ação aconteceu em março de 2017, mas, nessa semana, o proprietário do estabelecimento se reuniu com autoridades inglesas que o condenaram a pagar uma multa de 6 mil, que equivale a pouco mais de R$ 30 mil; confira

Brasil Econômico

A multa resolveu? Atualmente, o estabelecimento tem uma classificação de higiene alimentar nota quatro
Reprodução/SWNS
A multa resolveu? Atualmente, o estabelecimento tem uma classificação de higiene alimentar nota quatro

Simon Phillips, de 51 anos, confessou ser culpado de seis crimes de higiene alimentar após inspetores da vigilância sanitária encontrarem ratos, excrementos de ratos e alimentos vencidos há mais de dois anos na cozinha da padaria St Keverne no condado de Cornualha, Inglaterra. O proprietário foi condenado a pagar uma multa de £ 6 mil, que equivale a pouco mais de R$ 30 mil.

Leia também: Consumidora encontra barata em esfirra depois de morder um pedaço do alimento

De acordo com a reportagem do portal internacional Metro , a fiscalização aconteceu em março do ano passado e classificou a padaria com a nota zero no quesito higiene alimentar – a menor possível na escala de zero a cinco, passível de multa .

Durante o encontro com magistrados de Cornualha, nessa semana, Phillips também foi condenado por falta de procedimentos adequados para o controle de pragas, armazenamento inadequado de alimentos, além de bandejas de bolos e pastéis em decomposição e instrumentos de cozinha corroídos.

Leia também: Quase camuflada! Consumidora encontra perereca morta em salada pronta

Após a inspeção, o órgão suspendeu o funcionamento da padaria até que Phillips resolvesse os problemas. As ordens foram cumpridas em quatro dias pelo proprietário.

Acompanhamento

Desde a primeira visita à padaria, o conselho declarou que as inspeções subsequentes registraram grandes melhorias na padaria St Keverne. Atualmente, o estabelecimento tem uma classificação de higiene alimentar nota quatro.

Outros casos bizarros

Em março, o Metro  também publicou uma matéria sobre o caso de um consumidor que encontrou uma barata na pizza entregue em sua casa . Após a surpresa nada agradável, ele denunciou o restaurante indiano às autoridades inglesas que resolveram fazer uma visita ao local.

Na inspeção, os fiscais encontraram centenas de baratas – vivas e mortas – na cozinha do restaurante. E, claro, fezes e ovos de barata também estão na lista de achados da equipe.

Leia também: Mulher é surpreendida com metade de um rato dentro de pacote de mix de legumes

O estabelecimento não estava sendo limpo há tempos e a estrutura do prédio também tinha muitas lacunas e rachaduras, o que acabava facilitando a entrada dos insetos – que eram atraídos pelo cheiro e restos de comida no local. Diante da situação, o diretor do restaurante, Abdul Makin, concordou em fechar o restaurante voluntariamente e pagar a multa definida pelo Conselho Municipal de Liverpool.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.