Tamanho do texto

A ideia de que é o ambiente profissional é parecido com a escola permeia a mente de muitos jovens, mas, na verdade, as coisas não são bem assim

Brasil Econômico

Primeiro emprego: pesquisa da Catho revela que uma graduação pode elevar um salário em até 25% no nível operacional
shutterstock
Primeiro emprego: pesquisa da Catho revela que uma graduação pode elevar um salário em até 25% no nível operacional

O Brasil Econômico já tentou desvendar os  "segredos" do primeiro emprego formal e também deu dicas de como conquistar uma vaga de estágio ou jovem aprendiz . Entretanto, mais dúvidas podem aparecer na cabeça dos jovens em fase inicial da carreira, como a forma ideal de se comportar em ambiente profissional, por exemplo.

Leia também: Conheça seis atitudes que irritam os chefes e saiba como evitar uma demissão

Pensando nisso, a psicóloga e consultora de carreiras da Catho, Elen Souza, preparou uma lista com dicas para tranquilizar quem ainda está apenas começando a caminhada profissional e não quer "fazer feio" no primeiro emprego . Preparado?

Comportamento

O ambiente profissional tem regras diferentes de convivência da escola, destaca a especialista. Por isso, preste atenção em como os funcionários da empresa se comportam, se vestem e até mesmo brincam entre si para que você aprenda as ‘regras sociais implícitas’ daquele ambiente.

Observe

“Ao entrar em uma empresa é normal ter dúvidas sobre seu funcionamento e as tarefas a serem realizadas”, conta Elen Souza. Por isso, ela recomenda muita atenção ao que acontece ao redor para, de repente, ‘pinçar’ o que está sendo resolvido naquele instante. Além disso, a busca por informações sobre o que a companhia desenvolve e como ela faz isso é um bom tópico a seguir.

Aproveite também que o momento é de aprendizado e observe como as outras áreas funcionam, segundo a consultora de carreiras, isso pode ajudar a aumentar a segurança na execução das tarefas diárias.

Relacionamentos

O sentimento de deslocamento nos primeiros dias do novo emprego também é normal, mas isso deve melhorar conforme o tempo for passando. Se relacionar com os colegas de trabalho, em especial com aqueles que inspiram sua carreira profissional, ajuda a proporcionar conhecimentos valiosos e um ambiente de trabalho mais saudável e descontraído.

Leia também: Quer entrar no mundo dos negócios? Veja os sete livros do gênero mais vendidos

Horários e prazos

Por mais que você esteja engajado no emprego, um imprevisto ou outro pode acontecer e acabar atrapalhando a pontualidade, mas, tenha cuidado, quando isso passa a ser constante pode demonstrar falta de comprometimento. Faltar sem motivo justificado também está nessa lista negativa.

Entregas feitas fora dos prazos estipulados também causam uma má impressão, já que os gestores estão sempre de olho nos funcionários. Por isso, Elen Souza aponta que atender a estes quesitos cultivam uma relação de confiança entre você e a gestão para que novos desafios sejam delegados.

Iniciativa

Um bom desempenho na empresa pode ‘automaticamente’ comunicar aos seus superiores que você está disposto e preparado para assumir novas responsabilidades. Para isso, também é importante estar sempre pronto para aprender algo novo, assim o chefe sabe ‘de imediato’ com quem pode contar nos momentos decisivos da companhia.

Leia também: Em busca de renda extra? Conheça essas plataformas e garanta aquele 'bico'

Qualifique-se

Tenha em mente que se qualificar profissionalmente, mesmo que durante o primeiro emprego , é algo importante a ser feito. De acordo com uma pesquisa da Catho de 2018, uma graduação pode elevar um salário em até 25% no nível operacional e em 47% para assistentes e MBAs - pessoas especializadas na área gerencial ou administrativa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.