Tamanho do texto

Nota estampada com o criador do comunismo custa 3 euros e faz parte das comemorações de 200 anos de nascimento do cidadão mais ilustre de Trier

Semelhantes às notas reais, folhas comemorativas são identificadas como
Reprodução/Twitter
Semelhantes às notas reais, folhas comemorativas são identificadas como "souvenir" e já registraram mais de 5 mil vendas

O município alemão de Trier está vendendo notas de 0 euro com o rosto de Karl Marx, cidadão mais ilustre da cidade de 104 mil habitantes, que é também a mais antiga de todo o país. O papel estampado com o criador do comunismo custa 3 euros e faz parte das comemorações de 200 anos de seu nascimento.

Leia também: Amazon lança sistema de compra internacional para clientes de fora dos EUA

Segundo a agência Reuters, o diretor-geral do Departamento de Turismo da cidade, Norbert Kaethler, afirmou que a nota brinca com as críticas de Karl Marx ao capitalismo. "A nota de 0 euro combina perfeitamente com Marx como tema", disse.

De acordo com informações divulgadas pelo Departamento de Turismo da cidade, já foram vendidas mais de 5 mil notas de 0 euro , que são muito semelhantes às verdadeiras. Elas, no entanto, são identificados como "souvenir". Outras 20 mil estão sendo impressos pelo departamento.

Leia também: Mulheres dedicam dobro do tempo dos homens ao trabalho doméstico, diz IBGE

Marx viveu na cidade de Trier até seus 17 anos. Apesar de alguns alemães considerarem suas ideias responsáveis pela chegada de ditadores comunistas em países como China, Cuba e Rússia e pela divisão do país na Guerra Fria, o município sente orgulho de seu cidadão mais conhecido.

Por conta disso, Trier está tentando tirar o máximo proveito dos 200 anos de Marx. Além da nota de 0 euro, também estão sendo vendidos itens como um pato de borracha com barba, que representa o comunista, segurando uma cópia do livro "O Capital", do qual ele é autor.

Sobre Marx

Nascido em uma família de classe média, Marx estudou nas universidades de Bonn e Berlim. Por lá, criou interesse pelas filosofias dos jovens hegelianos. Após os estudos, começou a escrever para jornais radicais e criar teorias sobre a atividade econômica e social.

Leia também: Funcionários agredidos e terceirização ilegal: Seara é condenada a pagar R$ 3 mi

Entre seus trabalhos mais conhecidos, além de "O Capital", conjunto de obras publicadas entre 1867 e 1894,  está "O Manifesto Comunista", escrito em parceria com Friedrich Engels e publicado em 1848. Karl Marx morreu em decorrência de  bronquite e pleurisia no ano de 1883, em Londres.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.