Tamanho do texto

No meio da confusão, um funcionário teve o olho perfurado por um objeto ao tentar separar clientes das agressões motivadas pelo desconto do produto

Brasil Econômico

A Ferrero, dona da Nutella, disse que lamenta a
shutterstock
A Ferrero, dona da Nutella, disse que lamenta a "promoção e suas consequências" e culpa a Intermarché pelo caos

Uma rede francesa de supermercados ofereceu um desconto de 70% na compra de um pote de 950g de Nutella, mas o que era para ser uma ação de marketing para chamar e trazer sorriso ao rosto dos clientes se transformou em um verdadeiro caos na última quinta-feira (25) por conta do estoque limitado do produto. 

Leia também: Motoristas de 99 e Cabify de outras cidades poderão fazer corridas em São Paulo

Diante da situação, os consumidores mais ansiosos em aproveitar a redução de preço de € 4,50 para € 1,41 – o que em reais, seria algo de R$ 17,65 para R$ 5,50 – não pouparam esforços para garantirem as suas unidades da Nutella e chegaram a agredir as pessoas que estavam pelo caminho.

Como o jornal inglês The Guardian  explica, os corredores das unidades do supermercado Intermarché se transformaram em palco de brigas, com socos, puxões de cabelo e empurrões, até mesmo em pessoas idosas, somente para pegar o produto da promoção. Em uma das lojas, inclusive, um funcionário do supermercado teve o olho perfurado por um objeto enquanto tentava controlar a situação separando os clientes da troca de agressões.

Leia também: Trabalho infantil em lixão faz construtora e cidade pagarem multa de R$ 1 milhão

Embora os clientes estivessem limitados a três potes cada, uma unidade constatou que as prateleiras ficaram limpas em apenas 15 minutos após a abertura do supermercado. Para se ter uma ideia, em outra loja, os funcionários disseram que venderam de uma vez o número de frascos de Nutella que geralmente levam três meses para serem vendidos. Imaginou? Três meses de mercadoria vendido em apenas um dia. Confira abaixo um dos vídeos gravados:


Posicionamentos

Em nota oficial, a rede de supermercados declarou que ficou totalmente surpresa com o fato da oferta ter causado cenas de batalha em suas lojas e lamentou os "eventos desagradáveis que os clientes sofreram".

Como consequência e dezenas de pessoas feridas, a empresa italiana responsável pela produção de Nutella, a Ferrero , cortou relações comerciais com a rede.

Leia também: Precisa de controle financeiro? Veja como reduzir dificuldades com os gastos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.