Tamanho do texto

Por volta das 13h03, Bovespa caía 0,41%, aos 72.261 pontos; ações do Itaú Unibanco estavam entre as baixas do pregão, registrando queda de 3,59%

Brasil Econômico

Bovespa apresentou recuo 0,41% no pregão desta quinta, indo aos 72.261 pontos
shutterstock
Bovespa apresentou recuo 0,41% no pregão desta quinta, indo aos 72.261 pontos

O Índice da Bovespa (Ibovespa) começou esta quinta-feira (14) operando em queda, com os gestores aguardando novas diretrizes acerca da reforma da Previdência, após a afirmação de Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação pode ocorrer em fevereiro do ano que vem.

Leia também: Com base na queda de juros, governo eleva projeção do PIB para 2017 e 2018

Por volta das 13h03, a Bovespa caía 0,41%, aos 72.261 pontos. As ações do Itaú Unibanco estavam entre as baixas do pregão, com queda de 3,59%. Por outro lado, as ações preferenciais (PN) da Petrobras cresciam 0,13%, assim como as ordinárias de nível 1 (ON N1) da Vale, com avanço de 0,50%.

Véspera

Na quarta-feira (13), a bolsa paulista também registrou decréscimo, ao recuar 1,22%, aos 72.914 pontos. Depois das informações dadas por Jucá, o Congresso deverá montar uma operação para que os prejuízos sejam reduzidos.  

Diante disso, a Presidência afirmou esperar a leitura do novo texto da reforma, apresentado pelo relator Arthur Maia (PPS-BA), para esta quinta-feira no plenário da Câmara.

Leia também: Governo libera hoje o pagamento do PIS/Pasep para nascidos em dezembro

O presidente Michel Temer deve discutir com o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), e com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a data da votação da proposta, após sua recuperação de um procedimento cirúrgico, devido a problemas urinários. Temer ficará internado até sexta-feira.

Outros resultados

No dia anterior (12), a B3 fechou a cotação em alta de 1,39%, aos 73.813 pontos, após oscilar ao longo do dia. Perto do encerramento do pregão, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) comunicou a data do julgamento em segunda instância do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em relação à condenação no processo do tríplex do Guarujá. O julgamento está previsto para 24 de janeiro do ano que vem.

Com o informe, a atenção voltada à reforma da Previdência foi desviada.  Segundo Michel Temer, o governo trabalhará até a próxima terça-feira para conseguir 308 votos para a aprovação da proposta no plenário da Câmara dos Deputados. Se o estimado não ocorrer, a votação ficará para 2018.

Leia também: Nubank abre na Alemanha primeiro escritório internacional

Na segunda-feira (11), Ibovespa apresentava sinais positivos, com avanço de 0,09%, aos 72.800 pontos. As ações preferenciais da Petrobras estavam entre as altas da Bovespa, com 0,2%, enquanto as ações ordinárias da estatal subiam 0,5%. A Vale ON, por sua vez, apresentou aumento de 0,79%, ao contrário da JBS ON, que retraiu 2,05%, influenciada pela investigação da Polícia Federal baseada nas delações premiadas dos irmãos Batista.

    Leia tudo sobre: Bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.