Tamanho do texto

Medida vale para dez operadoras com alto número de reclamações em 2017; demora no atendimento e negativas a consumidores são as maiores queixas

Brasil Econômico

A suspensão da comercialização de 31 planos de saúde de 10 operadoras passa a vigorar nesta sexta-feira (8). A determinação foi feita pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), tendo como base as reclamações relacionadas à cobertura assistencial recebidas no terceiro trimestre de 2017. Entre as queixas apresentadas pelos consumidores estão a demora no atendimento e as negativas apresentadas pelas empresas.

Leia também: Inflação oficial recua em novembro, com menor acumulado desde 1998

Segundo a ANS, os 167,7 mil beneficiários dos planos de saúde suspensos estão protegidos e continuarão sendo assistidos regularmente. A agência informou que os planos só poderão voltar a ser comercializados para novos clientes caso as empresas consigam comprovar a melhoria no atendimento. A lista completa dos planos que tiveram a comercialização suspensa está no site da ANS .

Segundo a ANS, consumidores realizaram mais de 15 mil reclamações sobre planos de saúde entre julho e setembro
iStock
Segundo a ANS, consumidores realizaram mais de 15 mil reclamações sobre planos de saúde entre julho e setembro

Leia também: Receita libera consulta ao último lote de restituições do Imposto de Renda

A agência declarou ter recebido 15.912 reclamações de natureza assistencial entre 1º de julho e 30 de setembro deste ano. Desse total, 14.138 queixas foram encaminhadas para análise e 92% das reclamações foram resolvidas pela mediação feita pela ANS por meio de Notificação de Intermediação Preliminar, uma solução que visa resolver o problema com mais rapidez. Os casos não resolvidos se tornam processos contra as operadoras.

Estes podem ser contabilizados para a suspensão da comercialização dos planos. A medida é prevista pelo Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, com o objetivo de garantir atendimento de qualidade para os beneficiários. A ANS monitora as reclamações dos usuários e, a cada três meses, identifica as operadoras e os planos com mais reclamações assistenciais, levando em conta o número total de beneficiários e a segmentação assistencial.

Veja quais planos de saúde foram suspensos pela ANS:

Salutar Saúde Seguradora S/A

  • Especial Adesão sem Coparticipação sem Franquia
  • ESPECIAL TOP COM FRANQUIA
  • Salutar Clássico Adesão Enfermaria Sem Co-Part ou Franquia
  • SALUTAR 600
  • Especial Top Adesão sem Coparticipação sem Franquia
  • SALUTAR 600 MAIS
  • SALUTAR 600

Unimed de Manaus Coop. do Trabalho Médico LTDA

  • Ambul+Hospit com Obstet Enfermaria sem Franquia Sem Co-parti
  • Unimed Coletivo Nacional Enfermaria Com Obstetrícia
  • Unimed Coletivo Nacional Apartamento Com Obstetrícia
  • Plano Referência (Ind,Fam,Colet p/Adesão) Local Enfermaria

Unimed Norte/Nordeste - Federação Interfederativa das Sociedades Cooperativas do Trabalho Médico

  • COLETIVO POR ADESÃO BÁSICO - UNNE
  • COLETIVO POR ADESÃO APART
  • COLETIVO POR ADESÃO ENFERMARIA
  • EMPRESARIAL PP ESPECIAL COM CO-PARTICIPAÇÃO
  • COLETIVO POR ADESÃO PLUS
  • Coletivo Empresarial - Referência

Associação Auxiliadora das Classes Laboriosas

  • OPALA
  • PRIME
  • LINE

PAME - Associação de Assistência Plena em Saúde

  • RUBI 207
  • Safira 210 DF
  • Rubi 210 DF

SAMOC S.A. - Sociedade Assitencial Média e Odonto Cirúrgica

  • Ambulatorial Hospitalar S/Obstetrícia Individual - RJ

GAMEC - Grupo de Assistência Médica Empresarial do Ceará LTDA

  • Premium Enfermaria Individual/Familiar

Unimed do Rio Grande do Norte - Federação das Sociedades Cooperativas de Trabalho Médico

  • Pl. Ambulatorial + Hosp. c/ Obst. - P. Jurídica-Enfermaria
  • UNIMED BÁSICO (hospitalalização em enfermaria)

Caberj Integral Saúde S.A.

  • MULTI A
  • ESSENCIAL 20 E

Green Life Planos Médicos LTDA - EPp

  • PRATA 300
  • G100

Leia também: Foco da reforma da Previdência está na redução de privilégios, diz ministro

Os dados sobre o programa de monitoramento por operadora são públicos. Antes de contratar uma operadora, os consumidores podem conferir seu histórico e saber se ela teve planos de saúde suspensos ou reativados. Além disso, é disponibilizado um panorama com a classificação das empresas. Quem busca informações sobre planos ou precisa entrar em contato com a ANS pode acessar o site da agência ou ligar para 0800 701 9656.

* Com informações da Agência Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.