Tamanho do texto

A Airbus também tem trabalhado em carros voadores com o projeto CityAirbus; Volocopter já está em fase de testes em Dubai; confira o projeto

Brasil Econômico

Na última quarta-feira (8), durante o evento de tecnologia Web Summit que aconteceu em Lisboa, Portugal, o chefe de produtos da Uber, Jeff Holden, anunciou atualizações para o projeto Elevate – serviço de táxi de carro voador da Uber, que Holden insinuou em setembro de 2016. Desde então, a Uber Elevate tem trabalho para levar o serviço de táxi voador para o norte do Texas e Dubai. Holden agora disse que a companhia está adicionando Los Angeles (L.A) entre as cidades que planejam elevar o tráfego de pesadelo.

Leia também: Após testes, Google e Waymo focam em carros auto-dirigíveis; veja

Holden também mencionou que a Uber entrou recentemente em um acordo com a NASA
Divulgação/Uber
Holden também mencionou que a Uber entrou recentemente em um acordo com a NASA

Realmente não é uma surpresa que L.A. seja uma das prioridades da Uber , considerando como a cidade californiana registrou uma média de 104 horas de engarrafamentos em 2016, tornando-se a cidade mais congestionada do mundo. Não é de admirar, então, que Elon Musk escolheu L.A. como sua primeira localização para escavar túneis de tráfego-contornando.

Para Uber, o caminho do trânsito está acima, e eles lançaram um novo vídeo mostrando como um serviço de táxi aéreo poderia tornar a viagem diária mais suportável para uma mãe trabalhadora que está tentando chegar em casa para seus filhos.

Leia também: Táxi voador: primeiro teste de transporte é feito em Dubai; veja

Futuro voador

Holden também mencionou que a companhia entrou recentemente em um acordo com a NASA para ajudar a transformar sua visão de táxi voador em uma realidade. Segundo o acordo, a empresa desenvolverá um novo sistema de controle de tráfego aéreo para seus táxis voadores. "A NASA está muito focada em adotar [o gerenciamento de trânsito desencadeado] e pressionar a estrutura e garantir que ela funcione corretamente", disse Holden em uma entrevista, conforme relatado para o site The Verge. "A empresa realmente está tentando colocar esse novo sistema de tráfego aéreo em produção".

O projeto Elevate disse, que para a infraestrutura em desenvolvimento seria necessária veículos de vôo vertical e aterrissagem (VTOL) e potencialmente autônomos para operar de forma perfeita. A companhia também recrutou a ajuda de um antigo engenheiro da NASA em fevereiro para projetar seu sistema de táxi voador.

A Uber não é a única com planos para os carros voadores ou serviços de táxi aéreo. A Airbus tem trabalhado no CityAirbus, desenvolvendo um táxi VTOL para um vôo de teste em 2018. Há também o Volocopter, que testou com sucesso um carro em Dubai em setembro deste ano.

Como o lema de Elevate diz, os táxis voadores talvez estejam mais próximos do que pensamos, e a Uber está se certificando disso. "Foi um processo realmente interessante que nossos parceiros de fabricação de veículos estão alinhados com as especificações de desempenho, de modo que eles estão construindo veículos que se adequam com o que precisamos para criar o Elevate de forma bem sucedida", disse Holden. "Então, que tenhamos muito bom progresso lá".

Leia também: Google consegue autorização para levar balões com internet a Porto Rico

*Com tradução de futurism.com

    Leia tudo sobre: inovação
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.