Tamanho do texto

Segundo estudo feito pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, 83,3 milhões de brasileiros receberão benefício

Décimo terceiro mais elevado será pago no Distrito Federal, com média de R$ 4,2 mil
shutterstock
Décimo terceiro mais elevado será pago no Distrito Federal, com média de R$ 4,2 mil

Com os pagamentos do décimo terceiro salário, o Brasil deve ter cerca de R$ 200,5 bilhões injetados na economia, o que representa um crescimento de 4,7% na comparação com o ano passado. O valor previsto corresponde a cerca de 3,2% do Produto Interno Bruto (PIB) do País e foi divulgado nesta quarta-feira (8) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Leia também: M.Officer é condenada por trabalho escravo e pode ter atuação suspensa em SP

No levantamento do Dieese, não são considerados os trabalhadores autônomos e assalariados sem carteira que devem receber algum tipo de abono de fim de ano. O estudo indica que 83,3 milhões de brasileiros devem receber o décimo terceiro salário, benefício que é pago aos trabalhadores com carteira assinada, beneficiários da Previdência Social e aposentados e pensionistas da União, dos estados e dos municípios. Em média, cada trabalhador receberá cerca de R$ 2,25 mil.

Cerca de 132,7 bilhões do valor a ser pago, ou 66,2% do total que será injetado na economia  serão destinados aos trabalhadores formais. O restante, cerca de R$ 67,7 bilhões (33,8%), será pago a aposentados e pensionistas.

Leia também: Pesquisa aponta que 73% dos brasileiros vão às compras neste Natal

Praticamente a metade do montante (49,4% do total) será destinada a trabalhadores nos estados da Região Sudeste, seguido pela Região Sul (16,2%), Nordeste (15,9%), Centro-Oeste (9%) e Norte (4,7%). Os beneficiários do regime próprio da União vão receber 4,9% da quantia.

Levando em consideração o valor médio pago aos funcionários ao redor de todo o Brasil, o maior benefício deve ser concedido no Distrito Federal, onde os trabalhadores ou aposentados receberão cerca R$ 4,2 mil. Já o menor valor deve ficar por conta dos Estados do Maranhão e do Piauí, onde a média paga aos beneficiários gira em torno de R$ 1,5 mil.

Leia também: Inadimplência atinge 61,8% das famílias brasileiras em outubro, mostra CNC

No entanto, é importante lembrar que os valores médios do levantamento feito pelo Dieese  não consideram os aposentados por regime próprio dos Estados e dos municípios avaliados. No estado de São Paulo, cerca de R$ 58,2 bilhões deverão ser injetados até o final deste ano com o décimo terceiro salário, o que corresponde a 29% do total.

*Com informações da Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.