Tamanho do texto

A mudança de comando do Federal Reserve deteve a atenção dos investidores, impactando a bolsa e a cotação do dólar frente a outras moedas

Brasil Econômico

Por volta das 10h15, a Bovespa subia 0,32%, aos 74.059 pontos
shutterstock
Por volta das 10h15, a Bovespa subia 0,32%, aos 74.059 pontos

Nesta sexta-feira (3), o Índice da Bovespa começou o pregão operando em alta, após cair três vezes consecutivas, abaixo dos 74 mil pontos. A trégua se deu após o anúncio de Jerome Powell como um dos indicados para a presidência do banco central dos Estados Unidos, o Federal Reserve.

Leia também: Veja nove dicas para construir um bom perfil e se destacar no LinkedIn

Por volta das 10h15, a Bovespa subia 0,32%, aos 74.059 pontos, ainda influenciada pelo cenário político instável. Já as 13h01, apresentou resultado reverso, com queda de 0,64%, aos 73.352 pontos.

As ações ordinárias de nível 1 (ON N1) da Vale estavam entre as mais negociadas, com avanço de 1,22%, assim como a Embraer ON, com alta de 4,65%. As ações preferenciais (PN) da Petrobras estavam entre as principais baixas, com recuo de 1,24%.

Acontecimentos

Vale ressaltar que a troca do comando no Banco Central norte-americano deteve a atenção dos investidores e gestores do mercado acionário, exercendo impactos consideráveis na bolsa e na cotação do dólar em relação a outras moedas, operando em alta de 1,76%, a R$ 3,321, nesta sexta.

Powell é banqueiro de investimentos e diretor do Fed desde 2012. É considerado mais aberto à agenda de desregulação do governo Trump e a elevar os juros mais rapidamente do que Janet Yellen, que ocupa o cargo atualmente.

É importante mencionar que essa é a primeira vez desde o governo de Jimmy Carter, em 1970, que um presidente americano opta por não confirmar a pessoa nomeada pelo antecessor a um novo mandato.

Leia também: Após balanço financeiro positivo, Apple libera a venda do iPhone X em 55 países

No que se diz respeito ao cenário nacional, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou também nesta sexta-feira (3) que a aprovação da reforma da Previdência deve se dar em sua versão completa. Ele ainda expôs que ajustes nas regras de aposentadoria podem voltar a serem retomados no Congresso nos próximos anos.

Últimos resultados

Na cotação de quarta-feira (1), o Ibovespa caiu 0,65%, a 73.823 pontos, com destaque para as ações do Bradesco, que apresentaram a maior queda do dia, com os papéis PN recuando 3,11% e os ON 2,68%. O Itaú Unibanco e o Banco do Brasil também registraram decréscimos. Por outro lado, o Santander subiu 1,61%, assim como as ações ordinárias da Vale, que avançaram 2,24%.

Na terça-feira (31), a Bovespa caiu 0,66%, porém, acumulando ganhos de 0,02% no mês de outubro. No ano, depois de encerrar oito dos 10 meses com bons resultados, o índice teve alta acumulada de 23%.

Leia também: Dados da Fenabrave apontam alta de 20,98% na venda de automóveis

    Leia tudo sobre: Bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.