Tamanho do texto

Pode parecer complexo, mas com planejamento e ajuda de bons profissionais é possível continuar a carreira e ainda ter um negócio próprio; veja como

Veja como conciliar a carreira com um negócio próprio sem perder o controle
shutterstock
Veja como conciliar a carreira com um negócio próprio sem perder o controle


Muitos têm o sonho de abrir um negócio próprio e para isso juntam dinheiro durante muito tempo, sendo que um dos setores mais procurados na hora de empreender é o de franquias. Porém, quando se tem a oportunidade e a pessoa ainda está no mercado de trabalho surge a grande questão, como conciliar a operação com o meu emprego?

 Leia também: Conheça o Favela Business, canal que incentiva o empreendedorismo nas periferias

A maioria pode pensar que conciliar a carreira com um negócio próprio é impossível e cansativo, mas empreendedores que fizeram isso afirmam que existem formas para conciliar as duas rotinas e sem muito stress.

Um exemplo é do advogado Guilherme Conrado Antunes Cardoso, que além da sociedade em um grande escritório de advocacia em Ribeirão Preto, investiu recentemente em uma unidade da franquia Mineiro Delivery.  Em parceria com o seu sócio,  Rodrigo Conrado Serafim, que também é proprietário de uma empresa de marketing promocional, administra a rotina sem grandes problemas.

 “Não é fácil, mas dá para conciliar muito bem os dois”, conta  Cardoso que, dentre outras funções na administração da operação, é quem faz as compras para o restaurante diariamente. Para ajudar quem tem a intenção de ter um negócio sem abandonar a carreira , o empresário listou algumas dicas para tornar a rotina mais fácil.

1. Delegue

No caso dos empreendedores que abriram uma unidade da Mineiro Delivery, além da divisão entre os sócios, eles conta com a ajuda do gerente do restaurante. Esse profissional fica responsável por resolver as pendências diárias na ausência deles.

2.  Estabeleça uma rotina

O empreendedor enfatizou ser importante estabelecer um momento de dedicação ao negócio. Assim consegue planejar e atender as demandas da franquia sem se desgastar. 

Leia também: Conheça Paulo Zahr, o dentista "Casas Bahia" que inovou no modelo de negócios

3. Foco

Segundo Cardoso, preocupar-se com a operação durante o expediente de trabalho, assim como a recíproca é verdadeira. Foco nas tarefas diárias ajuda a otimizar o tempo e aumenta a produtividade, tanto no escritório quando em seu ponto de venda .

4. Monitore à distância

Para o empreendor criar mecanismos para ter acompanhamento remoto da operação torna a administração do negócio mais prática, além de diminuir a ansiedade quanto aos resultados e impede o sentimento de culpa por não estar 100% focado no empreendimento .

5. Planejamento financeiro

Para concluir, Cardoso explicou que ter uma reserva financeira exclusiva para o negócio próprio  é importante para momentos de crise. Capital de giro e planejamento são essenciais para o sucesso da operação.

Leia também: Empresários aumentam faturamento com venda de cerveja artesanal da África do Sul

    Leia tudo sobre: Empreendedorismo