Tamanho do texto

De acordo com o levantamento, comércio em São Paulo teve alta de 3,9% no período entre sexta e domingo; Boa Vista SCPC terceiro ano de quedas

Brasil Econômico

As vendas realizadas na semana do Dia dos Pais deste ano cresceram 2,5% na comparação ao registrado no mesmo período do ano passado, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (14) pela Serasa Experian . Segundo o levantamento, esta foi a primeira alta após dois anos seguidos de queda. A pesquisa compara as vendas do período de 7 a 13 de agosto de 2017 com o intervalo de 8 a 14 de agosto de 2016.

Leia também: Para presidente do BNDES, "economia brasileira está anêmica"

Quando somente o período de sexta a domingo é levado em consideração, a alta foi de 1,3% em todo o País, na comparação com o ano passado.  Na cidade de São Paulo, as vendas realizadas na semana do Dia dos Pais subiram 1% ante a mesma semana do ano passado. Entre sexta e domingo, a alta foi de 3,9% na comparação com o período equivalente do ano passado.

Em levantamento da Boa Vista SCPC, vendas para o Dia dos Pais recuaram pelo terceiro ano consecutivo
Shutterstock
Em levantamento da Boa Vista SCPC, vendas para o Dia dos Pais recuaram pelo terceiro ano consecutivo

Leia também: Empresa reintegrará trabalhadora demitida por discriminação religiosa

Em análise de economistas da Serasa Experian, o resultado positivo após dois anos de retração pode ser explicado pela queda na inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a redução dos juros e o ingresso de recursos das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Queda em outros indicadores

Enquanto o levantamento da Serasa Experian apontou crescimento, o indicador da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) registrou queda de 0,5% na comparação com 2016. O recuo das vendas foi mais fraco que o observado no ano passado, quando o comércio retraiu 5,2% na comparação com o mesmo período de 2015. Assim, o indicador para o período consolida a terceira queda consecutiva, já que, em 2015, houve queda de 0,8%.

Leia também: Bitcoin volta a se superar e ultrapassa a marca dos US$ 4 mil

Segundo a Boa Vista SCPC, o resultado seguiu a tendência apresentada em pesquisa de intenção de compra para o Dia dos Pais realizada em julho. No levantamento, os consumidores apontaram a crise econômica como explicação para diminuição das compras de presentes para a comemoração da data, cujos principais motivos alegados foram a piora da condição financeira, desemprego, contenção de despesas, entre outras justificativas.

* Com informações da Agência Brasil.