Tamanho do texto

Astrobiologia: encontrar aliens requer que o profissional compreenda, pelo menos, astronomia, biologia, geologia e ciência planetária; entenda

Brasil Econômico

A procura pela vida no universo afora é um dos principais aspectos da ciência moderna. Devido a essa importância científica, pesquisas significativas estão voltadas para essa nova ciência da astrobiologia , variando de rovers - veículos de exploração espacial - em Marte até observações telescópicas de planetas que orbitam outras estrelas.

Leia também: Conheça cinco tecnologias futuristas que mudarão a vida dos humanos

E para você, por que a busca de alien é importante? Importa para você?
NASA/JPL/Cornell/Texas A&M
E para você, por que a busca de alien é importante? Importa para você?

O santo graal de toda essa atividade atualmente seria a descoberta de vida alienígena, a descoberta resultaria em implicações profundas na filosofia e na ciência. Mas a existência de vida extraterrestre ainda não foi descoberta, e tudo o que sabemos até agora é que talvez nem exista. Felizmente, mesmo se a vida alien nunca for descoberta, tudo isso não é uma perda de tempo: simplesmente buscá-la proporciona benefícios à sociedade.

Por que esse é o caso?

Primeiro, astrobiologia é uma ciência inerentemente multidisciplinar. Encontrar aliens requer a compreensão, de pelo menos, astronomia, biologia, geologia e ciência planetária. Um estudante universitário de astrobiologia precisa cobrir todas essas disciplinas, e os pesquisadores de pós-graduação e pós-doutorado de astrobiologia também precisam estar familiarizados com a maioria dessas ciências ou todas elas.

Ao forçar várias disciplinas à interação, a astrobiologia está estimulando a reunificação parcial das ciências, o que ajuda a ciência do século XXI a se afastar da atual extrema especialização e voltar para a perspectiva mais interdisciplinar que prevaleceu em tempos anteriores.

Ao produzir cientistas de mentalidade ampla, familiarizados com múltiplos aspectos do mundo natural, o estudo da astrobiologia enriquece todo o empreendedorismo científico. E é devida a essa fertilização cruzada de ideias que futuras descobertas podem ser esperadas, descobertas estas que podem trazer um legado permanente à astrobiologia, mesmo se isso não incluir o encontro de vida alienígena.

Também é importante reconhecer que a astrobiologia é um esforço incrivelmente amplo. Procurar por vida alienígena pelo universo nos leva a ambientes extremos da Terra, para as planícies e subsuperfícies de Marte, às geladas superfícies dos satélites e dos planetas gigantes, e a toda variação infinita de planetas que orbitam outras estrelas. E essa procura continuará, independentemente de descobertas de outras vidas ou não. A gama de ambientes totalmente novos, abertos à investigação, é essencialmente ilimitada e, tem potencial para ser uma fonte interminável de estimulação científica e intelectual.

Leia também: Aplicativo Docway oferece atendimento médico domiciliar; entenda

A perspectiva cósmica

Além dos benefícios mais estreitos intelectuais da astrobiologia está uma gama de benefícios societários mais amplos. Isso faz surgir diversas perspectivas – em escala cósmica – que o estudo da astrobiologia promove. 

Simplesmente não é possível considerar a busca da vida em Marte, ou em um planeta orbitando uma estrela distante, sem se afastar das perspectivas estreitas centradas da Terra que dominam a vida social e política da maioria das pessoas de hoje. Hoje, a Terra enfrenta mudanças globais que podem apenas ser resolvidas por meio de cooperação internacional. Ainda, ao redor do mundo, as ideologias nacionalistas e religiosas estão agindo para fragmentar a humanidade. Nesse momento, o crescimento de uma perspectiva cósmica é potencialmente de enorme importância.

Nos primeiros anos da era espacial, o embaixador dos Estados Unidos nas Nações Unidas, Adlai Steverson, disse sobre o mundo: "Nós não podemos ser um bando de nações brigando antes da terrível majestade do espaço exterior". Infelizmente, essa perspectiva ainda não se aprofunda na consciência popular. Por outro lado, o grande interesse público na busca da vida em outros lugares significa que a astrobiologia pode atuar como um poderoso veículo educacional para a popularização dessa perspectiva.

De fato, é apenas enviando uma nave espacial para explorar o sistema solar, em grande parte para fins astrobiológicos, que podemos obter imagens de nosso próprio planeta que o mostram em seu verdadeiro cenário cósmico.

Além disso, a astrobiologia fornece uma importante perspectiva evolutiva sobre os assuntos humanos, o que demanda um senso de profundidade grande sobre a história. Por causa disso, muitos cursos de astrobiologia começam com outra visão da história do universo. Isso começa com o Big Bang e se move sucessivamente por meio da origem dos elementos químicos, a evolução das estrelas, galáxias, sistemas planetários, a origem da vida, e a evolução histórica das primeiras células animais complexas como as nossas. História profunda como essa ajuda a localizar assuntos humanos na vastidão do tempo, e, portanto complementa a perspectiva cósmica fornecida pela exploração cósmica.

Leia também: Litecoin: conheça quatro vantagens da moeda sobre a Bitcoin

Implicações políticas

Existe um aforismo bem conhecido, amplamente atribuído ao naturalista prussiano Alexander von Humboldt, segundo o qual “A visão de mundo mais perigosa é a visão de mundo daqueles que não viram o mundo”. Humboldt estava presumivelmente pensando sobre o potencial de expansão mental das viagens internacionais. O cósmico e a evolução da perspectiva, por meio da astrobiologia, reforçaram as reais visões da Terra a partir do espaço, o que pode certamente ampliar as mentes, fazendo com que o mundo seja menos fragmentado e perigoso.

Eu acho que existe uma implicação política importante inerente a essa perspectiva: como uma espécie tecnológica inteligente, que agora domina o único planeta habitado conhecido do universo, a humanidade tem a responsabilidade de desenvolver instituições sociais e políticas internacionais para gerenciar a situação atual na qual nos encontramos.

Ao concluir o seu monumental Esboço da História em 1925, HG Wells observou: “A história humana torna-se cada vez mais uma corrida entre educação e catástrofe”.  Tal observação parece especialmente relevante para a situação geopolítica de hoje, onde decisões irracionais feitas por governantes (e, por populações inteiras) aparentemente ignorantes de perspectivas mais amplas, podem certamente levar nosso planeta a uma catástrofe.

E para você, por que a busca de alien é importante? Importa para você?

*Com tradução de futurism.com

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.