Tamanho do texto

Fundado no ano passado, a Sunset Brew é licenciadora e produtora exclusiva da Darling Brew. Em breve, mais uma marca passa a fazer parte da indústria

A paixão pela cerveja artesanal aliada a um setor com potencial de crescimento fez surgir à marca Sunset Brew. Fundada em 2016 por três sócios e um cervejeiro com experiência em criar rótulos diferenciados, a Sunset dribla a crise ao apostar nas vendas de cerveja estrangeira, por meio de licenciamento, de forma exclusiva aqui no Brasil.

Leia também: Startup aposta no colaborativismo para concessão de crédito as PMEs

O interesse pela cerveja artesanal fez Eduardo Petry lançar a marca de cerveja artesanal Sunset Brew
Divulgação
O interesse pela cerveja artesanal fez Eduardo Petry lançar a marca de cerveja artesanal Sunset Brew


Em entrevista ao Brasil Econômico, o sócio fundador Eduardo Petry, afirmou que a marca escolhida para agregar o portfólio da marca brasileira foi a cerveja artesanal Darling Brew, com o rótulo Modern Saison. Oriunda da África do Sul, ela já está sendo produzida em solo nacional e não precisou de alterações para o gosto do brasileiro.

“O brasileiro que consumir a Darling Brew aqui e o que consumir a produzida na África do Sul não verá diferença”, explicou ele. Essa é a primeira parceria da Sunset Brew e segundo o empresário, no primeiro semestre do ano que vem, uma nova marca passará a fazer parte dos seus rótulos. “Estamos analisando outras marcas e a estimativa é que isso se concretize no primeiro semestre do ano que vem”. 

Ao lado dos sócios – Giovana Petry e Sheldon Cole e do especialista na produção das bebidas James Jimenez, a Sunset atua em um segmento tímido, representando apenas 0,7% do setor cervejeiro no País, segundo do Instituto da Cerveja. Isso não intimida o empresário que afirmou em entrevista que o crescimento deste nicho no mercado é um caminho sem volta. “Acompanhamos o mercado europeu de cervejas especiais e ele continua em crescimento. Aqui no Brasil ele também tem muito potencial de crescimento”, explicou.

Para estruturar sua a operação, Petry e seus sócios investiram R$ 5 milhões para implantar a fábrica, que fica localizada em Tijucas, Santa Catarina. “Minha sócia mora em Londres há anos e lá conheci como o mercado funciona. Replicamos o modelo aqui, com pequenas adaptações, e em janeiro começamos a comercializar os nossos rótulos”.

Fachada da fábrica da Sunset, em Santa Catarina. Local consumiu investimento na ordem de R$ 5 milhões
Divulgação
Fachada da fábrica da Sunset, em Santa Catarina. Local consumiu investimento na ordem de R$ 5 milhões


Leia também: Instagram: conteúdo aspiracional ajuda vender pela plataforma, diz especialista

Lançamentos

Sunset tem atualmente cinco estilos de cerveja que são permanentes em sua produção: American India Pale Ale, American Pale Ale, American Lager, Light Lager, Russian Imperial Stout, Imperial IPA e a internacionalmente e nacionalmente premiada Modern Saison. Em breve, será lançado um novo rótulo, que segundo  Petry foi sucesso quando comercializada em barril. "É uma cerveja de cacau e coco, que está nos levando a um novo patamar". 

Para atender essa demanda e começar a comercializar esse novo rótulo  – Russian Imperial Stout – em sua loja anexa à fábrica e em supermercados de Santa Catarina, a Sunset finaliza a embalagem que vai abrigar o conteúdo. “Estamos nos últimos ajustes para o lançamento da cerveja de cacau e coco em garrafa”, enfatizou ele.

Crescimento

Por ser um produto sensível a mudanças climáticas e a longos percursos, a expansão da marca de cerveja artesanal se concentra no Sul e Sudeste. “Alguns rótulos são enviados para o Norte e o Nordeste, mas estrategicamente essa expansão será no Sul e no Sudeste”, disse Petry.

Leia também: Empresários usam inteligência artificial para encontrar ativos e cobrar dívidas