Tamanho do texto

Mesmo que ex-presidente ainda não tenha sido preso, condenação já basta para que ocorram impactos importantes na economia brasileira; confira

Especialistas acreditam que condenação de Lula teve reação forte e positiva do mercado brasileiro
Marcelo Camargo/Agência Brasil - 29.8.2016
Especialistas acreditam que condenação de Lula teve reação forte e positiva do mercado brasileiro

Nesta quarta-feira (12), o ex-presidente Lula foi condenado a 9 anos e 6 meses de prisão pelo juiz Sérgio Moro. A decisão se deu por corrupção ativa e lavagem de dinheiro no caso que se refere à aquisição de um tríplex no Guarujá, em São Paulo.

Leia também: Bovespa reage após Moro condenar Lula a nove anos de prisão; entenda

Por ter recebido o direito de recorrer em liberdade, a prisão de Lula ainda não será concretizada. Apesar disso, é normal que a condenação de um ex-presidente cause impacto na economia do país envolvido. Confira, portanto, a opinião de alguns especialistas sobre a influência da decisão de Moro no setor econômico brasileiro. 

1) Fernando Bergallo, diretor de câmbio da FB Capital

"A condenação dele vai evidentemente minar a sua candidatura para 2018, o que é muito bom para o mercado, pois, depois de validar essa condenação em segunda instância, mesmo com preferência popular, ele tem carimbada a sua 'saída' da corrida presidencial em 2018. Imaginando uma possível candidatura, a volta do ex-presidente mudaria a equipe econômica que hoje é totalmente pró-mercado".

Leia também: Pior recessão da história foi superada, afirma Meirelles

2) Pedro Coelho Afonso, economista e diretor de investimentos

“O mercado reage de maneira muito positiva, bem forte. Primeiro que ele é uma carta fora do baralho para 2018, mesmo com as pesquisas mostrando ele como um candidato forte popularmente. Outro ponto é a chegada de um possível desfecho, pois os investidores atuavam com incertezas sobre estas questões. É um momento que dá tranquilidade de que o Brasil tem sim confiança e segurança para investir”.

Leia também: Aprovação da reforma trabalhista divide opiniões entre setores da economia

3) André Bona, educador financeiro do Blog de Valor

“A condenação na data de hoje acabou pegando o mercado um pouco desprevenido, embora ontem o Juiz Sérgio Moro já tivesse informado que o processo já estava pronto para a Sentença. Parece que os agentes ainda não esperavam logo pra hoje. Com isso, o mercado reagiu imediatamente, com dólar recuando e a bolsa subindo. A expectativa geral fica por conta de que com a condenação , as chances de candidatura de Lula para 2018 estão praticamente descartadas e isso sugere uma continuidade nas iniciativas de melhoria das contas públicas e reformas. Estes fatos são apontados como muito positivos para o País”.

    Leia tudo sobre: Lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.