Tamanho do texto

Fast food de comida caseira? Lavar um carro inteiro com apenas dois litros de água? Conheça esses e outros negócios que apostaram na criatividade

Brasil Econômico

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Produto Interno Bruto (PIB) tem mostrado resultados positivos, como o aumento das vendas do varejo e o crescimento de produção industrial. Embora os números mostrem uma melhora econômica – mesmo que tímida –, a crise ainda faz parte da vida dos brasileiros. Por isso, as empresas têm buscado cada vez mais se destacar por meio da inovação para driblar as dificuldades e os efeitos da recessão.

Leia também: Substitua o cartão de crédito por um anel; veja a tecnologia criada pela Token

Inovação no empreendedorismo: Fast food de comida caseira? Controle à distância de cultivos? Conheça outros negócios criativos
Creative Commons
Inovação no empreendedorismo: Fast food de comida caseira? Controle à distância de cultivos? Conheça outros negócios criativos

Se o seu negócio se encaixa nessa descrição, confira agora cinco empresas que investiram na inovação para garantir o sucesso da marca:

1.     Agrosmart

Imagina só poder controlar a temperatura, a umidade do ar, a precipitação, a radiação solar, a direção e a velocidade do vento e muito mais por meio de um aplicativo. Essa é a proposta da Agrosmart, desenvolvida pela empreendedora Mariana Vasconcelos ao lado de Raphael Pizzi e Thales Nicoleti. A tecnologia é capaz de monitorar por meio de um aplicativo, em tempo real diferentes cultivos.

Além de otimizar tempo e economizar nos gastos com mão de obra, o dispositivo proporciona uma economia de até 60% do consumo de água, 40% no consumo de energia e até 15% no aumento de produtividade.  

2.     PRS Jeans&Co

O seu celular cabe no bolso da calça? Bom, se o modelo do seu dispositivo for um daqueles maiores, provavelmente a resposta é não. Pensando nesta necessidade, a marca PRS Jeans&Co investiu no estudo de funcionalidade do design,  que permite que o aparelho seja guardado discretamente na peça sem limitar a movimentação da pessoa.

A ideia do empresário Frederico Giordano Perusin foi até mesmo patenteada por não haver nenhuma outra empresa que tivesse desenvolvido algo similar no mundo. Com a inovação, a marca que antes tinha 90% de sua produção voltada ao público masculino, expandiu os seus negócios e vende atualmente peças femininas com o Bolso Celular.

Leia também: Manifestação: Bar dá desconto de 20% para quem gritar "Fora, Temer"

3.     Wash Quality

O Dia do Meio Ambiente foi há pouco mais de um mês, mas a rede de franquias Wash Quality leva a conscientização ambiental para além da data. Os criadores desenvolveram um método que garante fazer a lavagem de automóveis e estofados residenciais com apenas 2 litros de água, cerca de 298 litros a menos do que um lava jato.

Além disso, a franquia também inova na forma de atendimento, por meio do delivery, trazendo total comodidade ao cliente , que com um investimento de R$ 10 mil pode ser um franqueado da marca.

4.     Tomatzo

A correria e a falta de tempo no dia a dia faz com que a alimentação seja uma das primeiras coisas impactadas. O almoço com o típico arroz e feijão de repente é substituído pelo salgado ou cachorro quente da rua. E vamos combinar que não são todos os estômagos que suportam a troca, não é mesmo?

Pensando nisso, Marcus Vinicius de Oliveira, ao lado de outros fundadores desenvolveu a Tomatzo, que tem como proposta algo um tanto quanto inusitado, uma rede fast food de comida caseira com preço acessível. “Nossos pratos são preparados aos olhos e com o toque de cada cliente que pode escolher ou acrescentar seus ingredientes em um tempo médio de cinco minutos”, garante.

5.     Monetizze

Que o e-commerce está em evidência e na contramão da crise econômica todo mundo sabe e pensar em abrir um negócio desses pode ser vantajoso, mas já pensou em ir além de abrir a própria loja virtual? Com base nessa mentalidade que a Monetizze foi mais adiante e investiu no mercado de afiliados. Hoje, com mais de 500 mil usuários cadastrados e mais de 6 mil produtos à venda, a empresa tem como intuito divulgar em sua plataforma um produto que esteja sendo vendido e receber uma comissão sobre essa venda.

De acordo com o fundador da plataforma, Márcio Motta, a inovação da Monetizze em 2015 veio da visão estratégica de criar algo que fizesse a integração entre produtores, afiliados e o consumidor final.

Leia também: Boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco a partir de segunda

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.