Tamanho do texto

Índice FipeZap Comercial aponta que preço de conjuntos e salas comerciais à venda caiu 0,43% no mês passado; preços para locação tiveram recuo 0,49%

Brasil Econômico

O preço de imóveis comerciais apresentou novo recuo em maio. De acordo com dados divulgados nesta terça-feira (27) no Índice FipeZap Comercial, no caso de propriedades à venda, a queda foi de 0,43% no último mês. No período, o preço de locais disponíveis para locação caiu 0,49%. O levantamento leva em consideração quatro municípios brasileiros: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre.

Leia também: Emprego na indústria recua em maio mesmo com alta na produção, diz CNI

Quando a pesquisa considera os últimos 12 meses, os preços nominais para venda de imóveis comerciais caiu 4,17%. No caso de locais para locação, os preços caíram 5,82%. Em termos reais, a partir da inflação do período de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a queda foi de 7,50% para conjuntos e salas comerciais à venda e de 9,09% para unidades voltadas à locação.

Cidade com maiores valores para imóveis comerciais para locação foi São Paulo, que registrou média de R$ 42,02 por m²
iG São Paulo
Cidade com maiores valores para imóveis comerciais para locação foi São Paulo, que registrou média de R$ 42,02 por m²

Leia também: Empresa oferece solução para livros que estão acumulados em casa

A pesquisa também aponta que aqueles que investem em salas comerciais têm registrado perdas desde 2015. O cálculo compara o investimento em conjuntos e salas com o CDI (Certificado de Depósito Interbancário), aplicação usada como referência no mercado financeiro. Entre janeiro e maio de 2017, o CDI teve rentabilidade de 13,5%. Ao mesmo tempo, quem investe em salas comerciais teve retorno de somente 1,3%.

Em relação aos preços em maio de 2017, os locais à venda nos quatro municípios tiveram preço médio de R$ 9.895 por metro quadrado. Das cidade analisadas, o Rio de Janeiro foi o local de valor mais alto, com preço médio de R$ 10.937 por metro quadrado no período. Por outro lado, Belo Horizonte teve o valor mais baixo, em R$ 7.525 por metro quadrado.

Leia também: Dívida pública tem aumento e chega a R$ 3,25 trilhões em maio

No caso de unidades destinadas à locação , o preço médio ficou em R$ 42,02 nos quatro municípios. A cidade com o valor mais alto foi São Paulo, com média de R$ 45,03 por metro quadrado. Ao mesmo tempo, Porto Alegre teve média de R$ 31,35 por metro quadrado, registrando o menor valor dos locais pesquisados. Desenvolvido em conjunto pela Fipe e pelo portal Zap Imóveis, o índice acompanha o preço médio de imóveis comerciais de até 200 m² com base em anúncios publicados na internet.