Tamanho do texto

Quer investir mas não sabe por onde começar? Confira cinco corretoras de valores que facilitarão no processo inicial e na concretização do seu negócio

Brasil Econômico

Veja cinco corretoras de valores que operam na Bovespa
iStock
Veja cinco corretoras de valores que operam na Bovespa

Na hora de investir, as corretoras de valores são de extrema importância, seja para melhor auxiliar o novo gestor ou para potencializar os resultados de investidores experientes. Responsáveis por intermediar a compra de diferentes tipos de investimentos com instituições financeiras, atualmente 86 corretoras operam na Bovespa, com variados serviços e taxas.

Leia também: Confiança do Consumidor recua 1,9 ponto em junho, diz FGV

Para ajudar os investidores em geral a contratarem o melhor tipo de serviço para os seus negócios, o Brasil Econômico listou cinco corretoras presentes na  Bovespa que podem tornar a captação de resultados positivos muito mais fácil e eficiente. Veja:

Citi Corretora

Presente em mais de 100 países, a Citi Corretora expandiu seu portfólio em 2009, ao disponibilizar oportunidades de investimentos no mercado de ações, além de adquirir a corretora de câmbio e valores, Intra S.A., considerada uma das pioneiras em home broker. Entre os produtos e serviços oferecidos pela entidade estão: commodities, derivativos, renda fixa, privada e pública, tesouro direto, administração de clubes de investimentos, análise e pesquisa financeira, empréstimo de ativos, entre outros.

Um investimento

Fundada em 1969 e se adaptando com as transformações do mercado, a Um Investimento adotou um processo de crescimento e modernização a fim de atender as demandas de potenciais parceiros e clientes de maneira personalizada. Em 2015 passou a priorizar sua clientela institucional com serviços como análise e pesquisa financeira, oferta de fundos de investimentos home e mobile broker, empréstimo de ativos e tesouro direto.

Leia também: Banco Central: Mercado financeiro mostra menor otimismo quanto ao PIB

Hoya

A Hoya – corretora de Valores e Câmbio está presente no mercado de ações desde 1989, com o intuito de prestar serviços na área de câmbio, bolsa de valores e seguros. Com uma carteira de aproximadamente três mil clientes, a entidade tem em seu leque de produtos, commodities, derivativos, renda fixa privada e pública, além de moedas e renda variável.

Lerosa

No mercado desde 1967, a Lerosa S.A. busca monitorar riscos inicias e concretizar os negócios de seus clientes, que se dividem entre investidores institucionais e pessoa jurídica. A empresa iniciou suas atividades como Corretora de Valores Mobiliários, fundada pelo então presidente, João Roberto Lerosa, nomeado em 63 como corretor oficial da Bolsa Oficial de Valores de São Paulo. A partir disso, opera nos mercados de bolsa, câmbio, títulos, mercadorias e futuros, oferecendo serviços personalizados por meio das linhas de negócio de gestão de patrimônio (Wealth Management), gestão de recursos, consultoria e assessoria de negócios.

Alfa

O Conglomerado Financeiro Alfa, iniciado em 1925, com a Fundação do Banco da Lavoura de Minas Gerais, passou por diversas mudanças, alterando sua denominação para Banco Real S.A. em 1972, criando posteriormente outras empresas financeiras que constituiriam o Conglomerado Financeiro Real. Em 1998, o Banco Real teve seu controle acionário vendido ao ABN Amro Bank, o que gerou na criação do novo Conglomerado Financeiro Alfa, juntamente do Banco Alfa. Com sua consolidação no mercado de ações, a corretora listada na Bovespa atende investidores institucionais, pessoa física e pessoa jurídica, prestando serviços como mobile broker e gestão de carteira de investimentos .

Leia também: Receita Federal pede atenção para envio de falsas intimações pelos Correios

    Leia tudo sobre: Bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas