Marisa usou redes sociais para fazer campanha polêmica de Dia das Mães
Divulgação
Marisa usou redes sociais para fazer campanha polêmica de Dia das Mães

A rede de lojas Marisa resolveu brincar com o depoimento do ex-presidente Lula ao juiz Sergio Moro para fazer uma campanha de Dia das Mães. O interrogatório foi realizado na última quarta-feira (10) como parte do julgamento do ex-mandatário brasileiro na Operação Lava Jato.

Leia também: Lojistas estão pessimistas com vendas para o Dia das Mães

Após o ex-mandatário brasileiro ter atribuído à sua falecida esposa Marisa Letícia o interesse em adquirir o polêmico tríplex no Guarujá, a marca resolveu publicar em suas redes sociais imagens que faziam referência ao caso. "Se sua mãe ficar sem presente, a culpa não é da Marisa", diz a campanha

A publicação gerou uma série de elogios dos usuários, que avaliaram positivamente a ação de marketing da empresa. Confira as principais reações encontradas na página do Facebook da empresa:




Você viu?



Leia também: Henrique Meirelles diz que recessão econômica é algo do passado

Apesar de a maioria dos usuários ter aprovado a ação, alguns outros consumidores julgaram a publicação como desnecessário. Veja algumas das reações negativas: 


Ragazzo

A Marisa não foi a primeira empresa a aproveitar a situação política do Brasil para fazer marketing. No ano passado, em meio às discussões que polarizavam o País entre direita e esquerda, mobilizadas pela votação do impeachment da então presidente Dilma Rousseff, a rede de restaurantes Ragazzo resolveu lançar a coxinha de mortadela, representando a união entre os dois grupos.

Leia também: Confira prós e contras do modelo de trabalho home office

A campanha da empresa para promover o produto faziam referência justamente à votação do impeachment. "Eu voto sim para a coxinha de mortadela" foram os principais dizeres da ação de marketing na época. 

    Leia tudo sobre: Lula

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários