Tamanho do texto

Para o presidente da CNDL e dados do SPC Brasil, resultado dessa Páscoa rompe com trajetória de 17 quedas consecutivas nas datas comemorativas

Brasil Econômico

De acordo com informações divulgadas pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o volume de vendas a prazo na semana anterior a Páscoa registrou uma leve alta de 0,93%, na comparação com o mesmo período do ano passado.  

Leia também: Tire oito dúvidas sobre Participação nos Lucros ou Resultados da empresa

SPC Brasil aponta ovos de chocolate e caixas de bombons como itens mais procurados da Páscoa, com 65% e 53%
iStock
SPC Brasil aponta ovos de chocolate e caixas de bombons como itens mais procurados da Páscoa, com 65% e 53%

Para o SPC Brasil o movimento observado no período intensificou a expectativa de uma recuperação econômica lenta e progressiva, uma vez que foi a primeira elevação na data desde 2014, quando o aumento foi de 2,55%. Em relação a 2015, houve queda de 4,93%, que se aprofundou no ano passado, com recuo de 16,81%.

Desempenho

É importante ressaltar que para o comércio a Páscoa retrata a primeira grande data sazonal do ano, funcionando assim como uma espécie de prévia para os possíveis resultados do Dia das Mães, e também para o desempenho da atividade comercial ao longo do ano.

“Infelizmente, a alta que tivemos neste ano ainda é insuficiente para voltarmos ao patamar anterior à crise, mas é um sinal de que a fase mais aguda da recessão pode ter ficado para trás. Aos poucos, os consumidores se sentem mais confiantes para voltar a consumir. O resultado da Páscoa deste ano rompe com uma trajetória de 17 quedas consecutivas nas principais datas comemorativas. Como desde o Dia das Mães de 2014 não tivemos nenhum crescimento nas vendas a prazo, o resultado é um alento para o varejo começar a dar sinais sólidos de recuperação”, afirmou o presidente da CNDL, Honório Pinheiro.

Leia também: Reparo residencial: aplicativo une oferta e demanda por serviços na área

Mais procurados

O levantamento ainda mostrou que entre os produtos mais procurados para a data comemorativa, os tradicionais ovos de chocolate foram os com maior destaque, com 65%. Em seguida ficaram entre os mais procurados, caixas de bombons, com 53%, ovos de chocolate infantis, com 46%, barras de chocolate, com 37%, chocolates artesanais e caseiros, com 23%, colombas pascais, com 14% e bebidas, como vinho, com 10%.

Metodologia

O cálculo de vendas a prazo foi obtido com base no volume de consultas feitas ao banco de dados do SPC Brasil, com abrangência nacional, entre um período que engloba os dias 9 e 15 de abril deste ano.

Leia também: Da área têxtil ao churrasco profissional: como o hobbie de Lee virou trabalho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas