Brasil Econômico

Brasil Econômico

undefined
iStock
Valor total disponível para segunda fase de saques do FGTS chega a R$ 11,2 bilhões, equivalente a 26% do total disponível

Nesta segunda-feira (10), todas as agências da Caixa  Econômica Federal começarão seus expedientes duas horas mais cedo para que os trabalhadores que necessitam sacar ou tirar dúvidas sobre as contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) tenham mais tempo para fazê-las. É importante lembrar que a modificação nos horários permanecerá só até quarta-feira (12).

Leia também: Milhares de pessoas correm o risco de ficar sem o dinheiro das contas inativas

A fim de orimizar o tempo dos  brasileiros para que resolvam suas demandas do FGTS , as unidades que geralmente funcionam às 11h00, operarão a partir das 9h00. As que abrem as portas às 10h00 passarão a iniciar atividades a partir das 8h00. As agências que normalmente funcionam às 9h00, passarão a operar às 8h00, com fechamento de uma hora mais tarde.

Orientações

É recomendado pelo banco que o trabalhador, ao procurar a agência, leve a Carteira de Trabalho junto do termo de rescisão do contrato. Já aqueles que vão sacar no autoatendimento devem se manter atentos à mensagem exposta no terminal, para o caso de ter mais de uma conta inativa.

De acordo com a Caixa, o horário especial nestes primeiros dias da segunda etapa de pagamento abrangerá 3.412 agências espalhadas por todo o País. Por outro lado, não serão modificados os horários dos 837 pontos de atendimentos localizados no interior de repartições públicas. As oito unidades móveis também não farão parte do quadro de horários especiais, por não serem caracterizados como agência.

Leia também: Veja as datas para o saque das contas inativas do Fundo de Garantia

Desde sábado (8), cerca de 7,7 milhões de brasileiros nascidos em março, abril e maio foram possibilitados a sacar os recursos das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

O valor total disponível para essa segunda fase chega a R$ 11,2 bilhões, equivalendo a 26% do total disponível. Com isso, esses trabalhadores têm até o dia 31 de julho para fazer o saque, caso não recebam automaticamente em conta.

A Caixa ainda ressalta que somente o trabalhador que pediu demissão ou foi  demitido por justa causa até o dia 31 de dezembro de 2015 tem contas inativas do FGTS aptas a serem sacadas.

Leia também: Veja as vantagens de investir seu FGTS em Tesouro Direto

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários