Tamanho do texto

É indispensável ter conhecimento da área para planejar a diversidade nos investimentos, pois essa variedade está nos diferentes setores de aplicações

Evite fazer investimentos em uma única categoria, assim aumentando as chances de fazer o dinheiro render
shutterstock
Evite fazer investimentos em uma única categoria, assim aumentando as chances de fazer o dinheiro render

Para fazer o dinheiro render mais, é importante tentar diversificar os investimentos. Afinal, com uma gama variada, as chances de eventualmente surgir algum problema ou prejuízo são menores – o que pode ampliar a sua margem de lucro.

Leia também: Veja como aumentar o engajamento dos consumidores no e-commerce

Muitas pessoas, no entanto, ficam com dúvidas em relação à maneira de diversificar os investimentos . Pensando nisso, Guto Schiavon, diretor de operações da corretora FOXBIT, listou algumas dicas para variar as aplicações. Confira:

1) Planejamento

É indispensável ter conhecimento da área para conseguir planejar a diversidade, pois essa variedade não está no número em si de aplicações, mas nos diferentes setores em que elas se encontram. Investir todas as suas economias em ações de alto risco pode causar um prejuízo muito maior do que se uma parte desse dinheiro fosse aplicada em ativos seguros.

Assim, mostra-se ideal investir em ações que não se relacionem entre si. Assim, caso um determinado investimento sofra queda repentina, as outras aplicações presentes na carteira compensarão a situação ocasionalmente problemática.

Leia também: Saiba como fidelizar os clientes em lojas virtuais

2) Pesquisas

Não invista em qualquer ação ou produto sem pesquisar. Procure por renda fixa, ações de empresa, fundos, pois é muito importante não investir todo o seu dinheiro em apenas uma categoria. Tenha uma variedade de aplicações de renda fixa ou variável para aumentar as chances de fazer com que seu dinheiro renda.

3) Avaliação

O primeiro passo para diversificar uma carteira é avaliar qual é o capital inicial gasto para os investimentos, assim como o quanto você irá dispor para aplicar mensalmente. Afinal, existe um investimento ideal dependendo do quanto você for aplicar. Por isso, pense bem nos cenários e em como agir em cada caso. Dessa forma, a escolha das categorias ficará mais clara e fácil de ser feita.

4) Bitcoins

Os bitcoins estão sendo amplamente usados por investidores. Muitos não aproveitam este tipo de ativo por não saberem onde consegui-la ou talvez por não conhecer direito a alternativa. Apesar disso, seu processo de compra é muito simples.

Leia também: Confira dicas para evitar problemas com lojas online no Dia do Consumidor

Os investimentos em bitcoins são feitos como qualquer compra de um ativo ou moeda, ou seja, em bolsa ou casa de câmbio. As vantagens de utilizar os bitcoins incluem tarifas mais baixas de corretagem, menos burocrácia, internacionalização, investimento sem barreiras e controles de capital, já que é impossível o controle estatal sobre a moeda.