Tamanho do texto

Mercado cervejeiro apresentou um crescimento significativo de 9% ao longo do ano passado, sendo a AmBev uma das entidades que mais gerou lucro

Brasil Econômico

Itaú e Bradesco são as duas principais marcas brasileiras do setor bancário que mais se destacaram ao longo do ano passado
iStock
Itaú e Bradesco são as duas principais marcas brasileiras do setor bancário que mais se destacaram ao longo do ano passado

Apesar da crise financeira que predominou no ano de 2016, muitas empresas conseguiram bons resultados em seus investimentos e orçamentos. O setor de bebidas, por exemplo, foi um dos maiores destaques, com crescimento de 9% em seu valor em relação a 2015, com participação expressiva das marcas de bebida da AmBev, comandada pelo trio bilionário brasileiro liderado por Jorge Paulo Lemann. Com isso, o Brasil Econômico listou as 10 principais marcas brasileiras que se destacaram ao longo do ano passado e que fazem parte do ranking de 25 marcas brasileiras mais valiosas de 2016, desenvolvido pela consultoria Interbrand e Forbes Brasil.

LEIA MAIS: Veja como investir em ferramentas gerenciais e gerar bons resultados

Vale ressaltar que a lista da Interbrand é baseada em diferentes formas de influências vinculadas a marcas brasileiras e internacionais, o que incluiu crescimento anual, lucro econômico e o papel e força da instituição diante o mercado.

1 . Itaú

O Itaú Unibanco é um banco brasileiro fundado em 2008 após a fusão do Holding Itaú Bancos e Unibanco. No ano passado, foi avaliado em R$ 26,61 bilhões, com mais de 90 mil colaboradores, 60 milhões de clientes e aproximadamente 95 mil acionistas. Também em 2016, o Itaú Unibanco formalizou a compra das operações de varejo do Citibank no Brasil por 710 milhões de reais. A aquisição ainda está sendo analisada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica.

2. Bradesco

O  banco brasileiro Bradesco é considerado atualmente a maior marca da América Latina, com R$ 18,73 bilhões. Fundado em 1943 com o nome "Banco Brasileiro de Descontos S.A.", oferece produtos e serviços como plano de previdência complementar, gestão de ativos e corretagem de valores mobiliários. Em dezembro de 2013 os ativos totais do banco chegaram a R$ 918,1 bilhões, e em 2015, de acordo com a Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) foi considerado o maior grupo de seguros, previdência complementar e títulos de capitalização.

3. Skol

A Skol é uma marca de cerveja da empresa dinamarquesa Carlsberg, fabricada no Brasil pela AmBev ou AB InBev. Atualmente é a marca mais valiosa do setor de bebidas no mercado brasileiro, sendo avaliada em R$ 14,86 bilhões.

4. Brahma

A marca de cerveja Brahma, foi criada em 1888 no Rio de Janeiro pela Companhia Cervejaria Brahma, sucedida posteriormente pela AmBev. Ano passado foi avaliada em R$ 10,71 bilhões, sendo a segunda marca de cerveja mais consumida no País.

5. Banco do Brasil

O Banco do Brasil S.A. é uma instituição financeira e um dos cinco bancos estatais do governo brasileiro. Com 5.429 agências espalhadas por todos os estados do País, o Banco do Brasil foi avaliado em R$ 9,98 bilhões, tendo crescimento também no exterior com cerca de 50 pontos de atendimento, o que inclui agências, unidades de negócios e escritórios.

LEIA MAIS: Dívida Pública caiu 1,9% entre dezembro e janeiro, afirma Tesouro Nacional

6. Natura

A Natura, empresa brasileira do setor de beleza, foi fundada em 1969. Se expandiu para países como Argentina, Chile, Colômbia, México, Peru, Venezuela e França, com mais de 7 mil colaboradores e aproximadamente 1,5 milhão de consultores. Com diversos projetos abrangentes ao empreendedorismo, lançou em 2014 o ecoparque em Benevides, no Pará, a fim de gerar negócios referentes a biodiversidade e impulsionar as atividades empreendedoras locais. Em 2016 foi avaliada em R$ 6,92 bilhões.

7. Antárctica

Surgindo originalmente como produtora de cerveja, a Companhia Antarctica Paulista expandiu seus produtos no setor de bebidas, passando a produzir também refrigerantes. Disputou por muitos anos a liderança do mercado de cerveja com a Brahma, até a junção de ambas as marcas, dando origem a Ambev. No ano passado foi avaliada R$ 3,97 bilhões, se tornando a quinta maior cervejaria do mundo.

8. Petrobrás

Petróleo Brasileiro S.A, mais conhecida como Petrobrás, é uma empresa de capital aberto do governo brasileiro. Atualmente opera  no segmento de energia em 25 países, sofrendo um prejuízo de 34,8 bilhões de reais em 2015, devido a crise referente a operação Lava Jato. Em 2016 foi avaliada em R$ 3,43 bilhões.

9. Vivo

Marca comercial do Grupo Telefônica no Brasil, a Vivo é uma concessionária de telefonia, internet e TV no País. Em 2008, com bom desempenho, apresentou menos reclamações do que entidades concorrentes no índice oficial de reclamações desenvolvido pela Anatel. Em 2011 registrou cerca de 70 milhões de clientes e no ano passado foi totalizada em R$ 2,42 bilhões.

10. Cielo

Antiga Visanet Brasil e a décima colocada no ranking de marcas brasileiras mais valiosas, a Cielo é uma empresa brasileira que atua na captura, transmissão e liquidação financeira de transações com cartões de crédito e débito. Em junho de 2014, deteve cerca de 1,4 milhões de pontos de venda espalhados por todo o Brasil, sendo avaliada em R$ 1,83 bilhão.

LEIA MAIS: Bovespa: veja 10 expressões usadas por investidores na bolsa de valores

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.