Tamanho do texto

Segundo coach financeira, microempreendedor pode adotar algumas medidas simples para manter os dois orçamentos de forma organizada

Um dos principais desafios do microempreendedor é separar as finanças da empresa das pessoais. O acesso ao caixa a qualquer momento é, em muitos casos, um convite para fazer retiradas frequentes e atender às necessidades individuais ou da família. A prática, no entanto, é perigosa e pode trazer quedas significativas no desempenho financeiro da empresa, colocando em risco seu funcionamento.

Uma das dicas para manter as finanças em dia é separas as contas bancárias pessoais e empresariais
Shuttersock
Uma das dicas para manter as finanças em dia é separas as contas bancárias pessoais e empresariais

LEIA MAIS: Saiba o que fazer para aumentar a receita da sua empresa durante a crise

De acordo com Dora Ramos, coach financeira e diretora da Fharos Contabilidade e Gestão Empresarial, o microempreendedor pode seguir dicas simples para administrar as finanças  de pessoa física e jurídica de forma organizada. Os conselhos vão desde a separação do dinheiro em contas separadas até a utilização de ferramentas para facilitar o controle.

Contas bancárias separadas

A dica parece óbvia, mas ainda existem diversos empresários que não a seguem. Separar cartões de crédito, débito e extratos é fundamental para controlas as despesas. Muitos acreditam que, ao adotar a medida, os custos vão aumentar, mas muitos bancos oferecem serviços gratuitos e diferentes pacotes de tarifas. Um deles, certamente, atenderá as expectativas da sua empresa.

"Pró-labore"

Em vez de usar o dinheiro da empresa para cobrir despesas próprias, estabeleça um salário para si, asism como para seus funcionários. É possível definir um salário fixo e um bônus de premiação para receber quando a empresa faturar mais ou cumprir metas. Dessa forma, é possível garantir uma renda mínima em momentos mais difíceis e ganhar uma recompensa quando os negócios crescerem.

 Ferramentas podem ajudar

Apesar de ainda serem muito utilizadas, as planilham podem não ser a melhor opção para controlar o orçamento de empresas. Atualmente, algumas soluções organizam dados de forma mais simples e permitem um controle maior de suas finanças. As opções vão desde aplicativos para smartphones  até programas mais avançados para computador. De acordo com Dora, a mudança pode trazer benefícios para a empresa em curto prazo.

Reservas

Aproveite os momentos de alto faturamento para evitar o aumento de retiradas do caixa da empresa ou ficar sem dinheiro para as contas pessoais nos momentos de crise. Segundo a coach financeira, as reservas são essenciais para os empresários que desejam manter os dois orçamentos em dia.

LEIA MAIS: Entenda como os eventos podem alavancar os resultados da sua marca

Busque aliados

É importante manter-se informado sobre todas as mudanças envolvidas no ramo de atuação da empresa. Um contador pode ser um bom parceiro para identificar oportunidades, além de ajudar a organizar as finanças do seu negócio.