Brasil Econômico

Brasil Econômico

Pesquisa realizada pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) apontou queda pelo segundo mês consecutivo nas taxas de juros das operações de crédito. 

LEIA MAIS: Juros do cartão de crédito tem queda e o do cheque especial alta, diz Anefac

undefined
shutterstock
Juros do cartão de crédito tem queda pelo segundo mês consecutivo, diz Anefac




Divulgada nesta quinta-feira (9) apontou que a taxa médio dos juros para o cartão de crédito passou de 453,74% em dezembro para 441,76% em janeiro. A Anefac sinalizou que essa é a menor taxa desde abril de 2016. Os juros do cheque especial também apresentaram queda em janeiro, ao passar de 314,51% ao ano para 309,24%. Já o juro das operações de crédito do comércio passou de 98,50% para 97,61% ao ano.

Segundo o diretor executivo de estudos e pesquisas da entidade, Miguel José Ribeiro de Oliveira, essa é a terceira queda da taxa de juros nas operações de crédito em dois anos a retração nos índices deve-se as reduções da taxa básica de juros – Selic , feitas pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central.

“Desde outubro de 2016 o Banco Central começou a flexibilizar sua política monetária com a redução da Selic. Tendo em vista a melhora das expectativas quanto à redução da inflação bem como na melhora fiscal deveremos ter novas reduções da taxa básica de juros, o que reduz o custo de captação dos bancos possibilitando novas reduções das taxas de juros nas operações de crédito”, disse em nota.

LEIA MAIS: Mesmo com redução dos juros básicos, spread bancário resiste a cair

Pessoa Física

A Anefac identificou que das seis linhas de crédito pesquisadas pela entidade e disponíveis ao consumidor brasileiro, três tiveram queda nas taxas de juros, sendo elas: juros do comércio, cartão de crédito-rotativo e cheque especial. Em contrapartida, as outras três linhas apresentaram alta no período – CDC bancos-financiamento de veículos, empréstimo pessoal-bancos e empréstimo pessoal financeiras.

A taxa de juros média geral para pessoa física apresentou uma redução de 0,04 ponto percentual no mês  –  queda de 1,13 ponto percentual no ano – correspondente a uma redução de 0,49% no mês, passando de 8,16%  para 8,12% ao mês. No indicador anual a taxa de juros passou de 156,33% ao ano para 155,20%. “Menor taxa de juros desde julho de 2016”, disse a Anefac.

Pessoa Jurídica

Já para o segmento jurídico, de empresas, de três linhas de crédito pesquisadas duas apresentaram redução, sendo as taxas para capital de giro e desconto de duplicadas. Já a taxa para a conta garantida teve alta no mês de janeiro.  

A taxa de juros média geral para pessoa jurídica apresentou uma redução de 0,02 ponto percentual no mês  – o que representa retração de 0,40 ponto percentual no ano –correspondente a uma redução de 0,42% no mês. No comparativo da taxa no ano, ela passou de 74,32% ao ano para 73,92%, informou a Anefac.

LEIA MAIS: BC surpreende mercado e faz maior corte da taxa básica de juros desde 2012

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários