Tamanho do texto

A variação de preço entre janeiro e fevereiro foi nula nas 20 cidades pesquisadas. São Paulo e Rio são as mais caras para aquisição de imóveis

O indicador de preço para a venda de imóveis em 20 cidades brasileiras, o Índice FipeZap, não apresentou variação na comparação entre dezembro de 2016 e janeiro de 2017. Com o resultado apurado pelo indicador nos dois meses, o indicador acumulou alta de 0,65% nos preços dos imóveis em 12 meses no País.

LEIA MAIS: Saiba o que fazer para evitar problemas na hora de pegar um empréstimo

Preço médio do metro quadrado dos imóveis em 20 cidades pesquisadas foi de R$ 7.693 mil
shutterstock
Preço médio do metro quadrado dos imóveis em 20 cidades pesquisadas foi de R$ 7.693 mil


Tanto a variação de preços mensal dos imóveis quanto a do acumulado de 12 meses ficaram abaixo da inflação medida e estimada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), que segundo o Boletim Focus do Banco Central deve ser de 0,51% em janeiro e de 5,49% para os últimos 12 meses.

O Índice FipeZap apontou que, 12 das 20 cidades analisadas para a produção do indicador,  apresentaram variação negativa entre dezembro e janeiro. Apenas Belo Horizonte, em Minas Gerais, foi identificado um aumento do preço dos imóveis  que superou a inflação do período.

O estudo evidenciou que, se o preço médio do metro quadrado dos imóveis continuar a apresentar variações negativas, ele pode apresentar queda real (já descontada a inflação) de 4,58% nos últimos 12 meses no País.  

LEIA MAIS: Poupança é o investimento preferido do brasileiro, aponta pesquisa da SPC Brasil

Valores em janeiro

O indicador FipeZap sinalizou que no mês de janeiro, o valor médio do metro quadrado nas 20 cidades pesquisadas foi de R$ 7.693 mil. A cidade do Rio de Janeiro manteve o posto de cidade mais cara para a compra de um imóvel, com preço por metro quadrado estimado em R$ 10.262 mil. A capital paulista vem em segundo no ranking de locais mais ácaros para aquisição de imóveis com metro quadrado cotado a R$ 8.625 mil.

Em contrapartida, as cidades com menor valor médio por metro quadrado entre as pesquisadas pelo Índice FipeZap foram Contagem com preço médio de R$ 3.548 mil e Goiânia  com estimativa de metro quadrado em R$ 4.102 mil. 

Bairros

Nas duas cidades mais caras – São Paulo e Rio de Janeiro – a variação do preço do metro quadrado entre os bairros tem grande discrepância. Em São Paulo, o bairro mais barato para aquisição de um imóvel é Cidade Tiradentes, na zona leste, e o preço do metro quadrado é de R$ 2.999 mil. O mais caro é o bairro da Vila Nova Conceição, na zona Sul, com metro quadrado cotado a R$ 16.160 mil.

No Rio de Janeiro, o bairro mais barato para a aquisição de imóveis é R$2,269 mil e o mais caro é o icônico Leblon, com preço médio do metro quadrado superior a R$ 21 mil.

LEIA MAIS: Consórcio é boa opção para quem deseja se livrar de juros altos e burocracia