Brasil Econômico

undefined
Getty Images
O mês de outubro deste ano bateu recorde da série histórica no programa Tesouro Direto

O governo brasileiro deve anunciar melhorias no programa de investimentos e resgates de títulos públicos “Tesouro Direto” na próxima semana, segundo confirmou nesta quarta-feira (23). 

De acordo com o coordenador-geral de Planejamento Estratégico da Dívida Pública do Tesouro Nacional, Luiz Fernando Alves, o Tesouro Direto tem tido bons resultados, com número recorde de procura no mês de outubro deste ano . Contudo, as mudanças que serão anunciadas poderão melhorar ainda mais os efeitos, já que poderá se tornar muito mais acessível ao público.

Apesar de confirmar que haverá novas medidas, Alves não adiantou quais são as possíveis mudanças.   

O que é

Muitas pessoas conseguem fazer uma poupança, mas acabam não sabendo onde é melhor colocar seu dinheiro para que renda melhor. Para quem não domina a “arte” de investir, a opção do Tesouro Direto acaba sendo bastante atrativa, já que é considerada, por grande parte dos especialistas, como a melhor maneira de investir com segurança. Isso acontece por uma série de fatores, como, por exemplo, a possibilidade de começar um investimento com apenas R$ 30.

+ Conheça os motivos para investir no Tesouro Direto

Além disso, a compra de um título nessa modalidade acaba sendo muito facilitada e, pelo o que o governo anunciou nesta quarta-feira, poderá ser ainda mais a partir da próxima semana. Outros benefícios deste tipo de investimento em comparação à poupança, por exemplo, é que, nessa modalidade, é possível ter maior segurança e obter mais renda por juros.

O funcionamento é simples: o investidor vai fazer um empréstimo de dinheiro à União e, posteriormente, será pago por isso com um valor adicional (que pode variar de acordo com a Selic, com índices de inflação, câmbio ou taxas definidas no caso de papéis prefixados), já que a venda de títulos é uma das formas que o governo tem de captar recursos para pagar dívidas e honrar compromissos.

Histórico do programa

O programa do governo apresentou, no mês outubro, 175,9 mil operações. De acordo com dados divulgados pelo Tesouro Nacional, esta foi a maior atividade no programa de investimentos do governo em toda a série histórica. A venda de títulos somou R$ 1,8 bilhão e atingiu 1,2 milhão de cadastrados no período.

+ Vendas do Tesouro Direto somam R$ 1,4 bilhão em setembro

O Tesouro Direto foi criado no mês de janeiro de 2002 para tornar popular as aplicações, permitindo que pessoas físicas, sem muitos recursos de financiamentos altos, pudessem adquirir títulos públicos diretamente do Tesouro, pela internet, sem intermediação de agentes financeiros. O aplicador só tem de pagar uma taxa à corretora responsável pela custódia dos títulos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários