Tamanho do texto

Correr riscos, ter autonomia e ser perspicaz... veja como contribuir para que seu filho seja alfabetizado financeiramente com algumas dicas simples

Pais empreendedores podem ensinar seus filhos a serem mais independentes
Thinkstock
Pais empreendedores podem ensinar seus filhos a serem mais independentes

Ser pai, assim como ser empreendedor é um grande desafio. Mas bons empreendedores são engenhosos, criativos e intelectualmente curiosos por natureza, e quando eles compartilham esse conjunto de habilidades com os filhos, também ensinam a eles como ter sucesso na nova economia.

+ Empreendedorismo: 5 lições que devemos saber sobre o mundo dos negócios

É comum empresários bem sucedidos lançarem seus empreendimentos antes dos 21 anos. Com o crescimento do empreendedorismo e a diminuição do custo para abrir um negócio, é natural pensar que a próxima geração lançará suas próprias empresas antes dessa idade. Por isso, essa é a hora de os pais empreendedores começarem a ensinar os valores empresariais aos filhos.

É normal que pais empreendedores tenham conversas diferentes com seus filhos. Quando as crianças conversam com seus pais e prestam atenção na maneira como eles vivem e trabalham elas aprendem valores e absorvem automaticamente a ética empresarial.

Outra maneira de ensinar os valores empresariais aos filhos é incorporando esses cinco atributos em suas vidas.  Veja as dicas do site Entrepreneur.

1. Correr riscos

A maioria dos empreendedores não escreve seus planos de negócios. Eles colocam a ideia em prática imediatamente, e fazem os ajustes necessários ao longo do caminho. Pais que não têm uma mentalidade empreendedora impedem que seus filhos corram riscos, o que é fundamental para o empreendedorismo.

Se seu filho quiser montar uma barraca de limonada, por exemplo, incentive-o como investidor. Ofereça um negócio com o compartilhamento da receita. Dessa forma, ele aprende a importância da relação entre empreendedor e investidor.

2. Autonomia

Empresários sabem que são responsáveis pelos seus próprios resultados e é por isso que eles valorizam a independência. Lembra da barraca de limonada? Depois que você fizer o investimento, recue. Deixe seu filho descobrir sozinho qual é a estratégia para fazer o negócio funcionar. Se ele não conseguir fazer isso sozinho, você estará lá para responder as perguntas, mas não para dizer o que ele tem que fazer. Assim, ele aprenderá a resolver os próprios problemas e a ser menos dependente dos pais.

3. Conceitos básicos

Não esconda do seu filho como é duro abrir e administrar um negócio. Eles precisam entender que a caminhada exige responsabilidade e sacrifício. Nada acontece em um passe de mágica.

Os pais devem ensinar conceitos básicos como receita, despesa, lucro e poupança. Dependendo de como as criança for assimilando as informações, você pode ensinar conceitos mais avançados. Nem precisa dizer quais são os benefícios de uma criança alfabetizada financeiramente, não é mesmo?

4. Perspicácia

Empresários compreendem a importância de construir relacionamentos significativos. Você não pode esperar que as oportunidades caiam no seu colo, você deve agarrá-las. Usando novamente o exemplo da brraca de limonada, você pode incentivar seu filho a sair da mesa e abordar as pessoas.

5. Mentalidade de crescimento

As crianças aprendem na escola que falhar é ruim, mas os empresários de sucesso entendem que as falhas são uma parte essencial do sucesso. Use as falhas para ensinar as crianças a fomentar o crescimento de forma contínua e constante. Ao invés de dizer "Seu carrinho de limonada não se saiu bem hoje, mas tudo bem", questione: "O que você aprendeu com as falhas de hoje? O que você mudaria amanhã?"

Se as crianças aprendem que não é possível falhar ou que falhas são permanentes, elas ficam com medo de arriscar, pensar fora da caixa, e tentar coisas novas. Ou seja, a capacidade delas de tornar suas vidas melhores se tornará cada vez mais limitada. Por outro lado, se elas enxergarem os fracassos como oportunidades para elaborar novas estratégias, se tornarão mais confiantes.

+ 7 filmes a que todo empreendedor deveria assistir

    Leia tudo sobre: empreendedorismo
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.