Brasil Econômico

Brasil Econômico

undefined
iStock
Millennials podem ser excelentes funcionários se forem encorajados

Um dos desafios mais preocupantes que um empreendedor pode enfrentar é o de gerir os funcionários. Muitos livros sobre esse assunto já foram escritos, muitas aulas e palestras já fora dadas, mas é só quando um gestor está dividindo um escritório com um monte de millennials, com personalidades, forças, fraquezas e sonhos diferentes, que o aprendizado realmente começa.

+ Geração Y já têm 2 vezes mais dinheiro 'na carteira' que seus pais, diz estudo

Uma das coisas que os gestores aprendem rápido é que o chefe é a razão número um pela qual as pessoas deixam seus empregos. Ninguém quer ser um mau chefe e ninguém tem que ser um mau chefe. Naturalmente, é mais fácil falar do que fazer, especialmente porque os funcionários raramente se sentem confortáveis para sugerir aos seus gestores como se comportar, mas o fato é que até mesmo chefes amados por seus funcionários podem aprender com os millennials e a sua maneira de ver o mundo.

Os millennials trabalham mais e se tornam mais leais se acreditam que seus gestores entendem suas necessidades. Se você é um empreendedor, veja cinco considerações importantes que os millennials gostariam que você reconhecesse. A lista é do site Entrepreneur.

1. Tempo é mais valioso que dinheiro

Não é segredo que os funcionários odeiam quando são mantidos no escritório até tarde, ou são bombardeados com e-mails, ligações ou tarefas após o expediente e durante os finais de semana. Os millennials não são exceção. Não se comporte dessa maneira.

2. Eles querem saber o que está acontecendo na empresa

Funcionários não costumam se ofender por não serem incluídos na tomada de decisões da empresa porque sabem que isso é tarefa do gestor. Entretanto, eles ficam ressentidos por não receberem informações sobre os planos e a direção da empresa. Funcionários que são surpreendidos com frequência ou não sabem como estarão os negócios daqui a seis meses, passam a sentir que o gestor não confia neles. Ninguém faz o melhor que pode quando trabalha para um chefe que não compartilha informação e não demonstra confiar em seus funcionários.

3. Eles querem aprender

Hoje em dia, é difícil um funcionário permanecer na mesma empresa durante a sua carreira inteira por uma série de razões. Mas há uma razão em especial que pode manter os millennials em um emprego: o aprendizado. Millennials tem a necessidade de aprender novas habilidades, o que é ótimo para a empresa, que passa a contar com equipes que aprimoram constantemente seu conhecimento.

Além disso, aprender algo novo mantém os millennials engajados. Se seus funcionários não estão aprendendo nada e não estão se tornando profissionais melhores, eles vão encontrar outro lugar onde possam fazer isso.

4. Eles querem reconhecimento e aumento

Empreendedores sempre esperam que seus funcionários se esforcem ao máximo para fazer um ótimo trabalho e tornar a empresa bem sucedida. De fato, os millennials sempre se esforçam, pelo menos no começo.

A questão é que se eles não veem seu trabalho, engajamento e sacrifício serem reconhecidos, eles passam a fazer o mínimo. Os empreendedores já tentaram de tudo, mas apenas duas coisas funcionam nesse caso: reconhecer um trabalho de qualidade e oferecer uma compensação financeira pela excelente performance.

No mundo ideal, os millennials não precisariam de encorajamento para darem o melhor que podem, mas no mundo real, eles precisam desse encorajamento, principalmente se ele vier na forma de reconhecimento e aumento salarial.

6. Ninguém realmente ama o chefe

O gestor merece o respeito de seus funcionário, e os funcionários precisam da confiança do gestor. O que ocorre é que muitos gestores pecam em querer conquistar também o amor e a admiração de seus funcionários. Não importa o quanto você torne o ambiente de trabalho divertido ou o quanto você se envolva na vida dos millennials, a verdade é que ninguém ama o chefe e ninguém quer realmente amar o chefe.

+ 7 principais motivos por que pessoas pedem demissão

Os millennials precisam de um líder visionário, inteligente, justo e inspirador. Eles não precisam de um heroi. Se você precisa de mais amor em sua vida, dedique mais tempo e energia no desenvolvimento de novas amizades e no fortalecimento das relações familiares. Se você tenta transformar seus funcionários na sua família, eles vão respeitá-lo ainda menos por isso. Ajude seus funcionários a amarem o que eles fazem e não a pessoa para quem eles trabalham.

Às vezes, você pode levar a carreira inteira para aprender a gerir pessoas - alguns dizem que quando se trata de gerir millennials, esse tempo é ainda maior. Entretanto, se você mantiver os interesses dos millennials em mente enquando estiver gerindo seu negócio, eles terão prazer em trabalhar com você. Pensando bem, esse não seria o tipo de empresa para a qual você gostaria de trabalhar também?

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários