Tamanho do texto

Existem algumas brechas que permitem a redução no pagamento do IR ou o aumento no valor da restituição; saiba como economizar na declaração

Brasil Econômico

Declarar separadamente do cônjuge pode fazer com que você pague menos IR
Imposto de Renda, leão
Declarar separadamente do cônjuge pode fazer com que você pague menos IR

Fazer o planejamento das finanças ao longo do ano significa também pensar na declaração do Imposto de Renda. Organizando tudo da melhor forma, é possível que você pague menos IR ou aumente o valor da restituição. 

LEIA: E ntenda o porquê de juros baixos resultarem em preços altos

Existem algumas brechas que permitem com que isso aconteça. Essas táticas contribuem para que seja feita a redução da base de cálculo do IR, ou seja, a soma de todos os rendimentos descontando as deduções e o valor que a Receita Federal utiliza para fazer a verificação da alíquota na qual o contribuinte se encaixa. Confira as dicas e pague menos Imposto de Renda: 

1) Declare separadamente do cônjuge

Quando você declara em conjunto com o cônjuge, a receita tributária de ambos é somada, assim fazendo com que a possibilidade pular para uma faixa mais elevada de tributação seja aumentada. Se você fizer a declaração separadamente, no entanto, cada um vai ter o valor total de isenção disponível. 

LEIA MAIS: Veja como superar os desafios de lançar o site da sua startup

Dessa forma, só é benéfico fazer a declaração em conjunto quando algum dos cônjuges possui uma renda tributável muito pequena ou nula, assim fazendo com que sua inclusão na delcaração não faça a alíquota ter o valor alterado. 

2) Faça declaração própria para filhos que recebem pensão

Colocar um filho na declaração faz com que seja necessário informar tanto os bens quanto os ganhos e as dívidas dele, somando os ganhos tributáveis aos do titular e podendo fazer com que o imposto devido seja aumentado. 

Por conta disso, o mais recomendado para pais divorciados, no caso da pensão alimentícia aumentar o imposto devido, é fazer uma declaração separada para o filho. Isso é válido também para dependentes recém-nascidos, desde que já possuam um CPF próprio. 

3) Abata as taxas dos aluguéis 

Caso você receba aluguéis e faça os pagamentos à comissão imobiliária, é possível fazer com que essa taxa seja abatida dos valores recebidos. Fazendo o desconto deste custo, o contribuinte pode conseguir reduzir a base de cálculo sobre a qual o Imposto de Renda incide mensalmente. 

LEIA TAMBÉM: Veja 3 grandes motivações para processos trabalhistas no Brasil

Além disso, caso o proprietário do imóvel seja também o responsável por pagar a taxa de condomínio e o IPTU, também é possível descontar estes custos. Agora que você já sabe como, aproveite e pague menos Imposto de Renda.