Tamanho do texto

Conheça as modalidades disponíveis e entenda como obter crédito pessoal com juros mais acessíveis mesmo quando seu nome estiver negativado

Brasil Econômico

Quando um consumidor solicita um empréstimo para uma instituição financeira, a empresa realiza uma avaliação prévia, consultando órgãos de análise de crédito para saber se a pessoa possui dívidas que não foram pagas e decidir se aprova ou não a transação. Caso o cliente esteja com o nome sujo, como costumamos dizer sobre quem possui dívidas que não foram pagas, na maior parte dos casos, o crédito será negado. No entanto, existem algumas modalidades que permitem a liberação de um empréstimo para negativado. 

Leia também: Veja quem é obrigado a usar e como acessar a Conectividade Social ICP

As pessoas que solicitam o empréstimo e estão com o nome negativado, no entanto, devem ficar atentas: quando a empresa aprova o crédito pessoal, normalmente, são cobrados juros mais elevados do que para as pessoas que têm o nome limpo. A opção mais adequada, segundo especialistas, é buscar acordos com a empresa que você possui a dívida antes de buscar um empréstimo para negativado . Ainda assim, se por algum motivo você precisar do crédito, existem três opções que costumam ser oferecidas por financeiras. Para ajudar quem está nessa situação, o Brasil Econômico criou um guia com as perguntas mais comuns. Confira:

Quanto tempo leva para ter o nome sujo?

Para ser negativado, o consumidor precisa estar inadimplente em serviços de uso contínuo , como contas de luz, água e telefone, ou em operações de crédito com parcelas , como empréstimos, ou com a adesão em linhas de créditos , como o rotativo do cartão, por exemplo.

O não pagamento de uma dívida no prazo correto dá Ã  empresa o direito de incluir o nome do cliente em listas de negativados. No entanto, segundo a economista do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor ( Idec ), Ione Amorim, é pouco comum que o consumidor fique negativado menos de 30 dias depois do vencimento de uma conta. Isto porque "a empresa tem que comunicar com pelo menos dez dias de antecedência ao consumidor que ele entrará no cadastro de proteção ao crédito".

Além disso, as empresas costumam dar alguns dias para ter certeza de que a conta realmente foi paga e que, no caso da inclusão nesses registros, o consumidor realmente recebeu o comunicado. De acordo com o Código de Defesa do Consumidor (Lei nº 8.078/1990), os serviços de análise de crédito, como Serasa e SPC , devem oferecer, ao cliente, acesso "às informações existentes em cadastros, fichas, registros e dados pessoais e de consumo arquivados sobre ele, bem como sobre as suas respectivas fontes".

Empréstimo para negativado costuma ser procurado por consumidor que não conseguiu pagar fatura do cartão de crédito
Marcos Santos/USP Imagens
Empréstimo para negativado costuma ser procurado por consumidor que não conseguiu pagar fatura do cartão de crédito

Leia também: Como cortar os gastos desnecessários e ter dinheiro para objetivos maiores?

"Passado esse prazo [estabelecido no comunicado], não havendo manifestação de interesse ou condição de pagar a dívida, o consumidor pode ser negativado a qualquer momento", explica Ione. Como consequência, serviços como luz, água e telefone são suspensos e estabelecem-se encargos sobre operações de crédito junto a instituições financeiras.

No caso do não pagamento do  plano de saúde , o serviço é cancelado somente depois de seis meses. Escolas particulares são proibidas de impedirem a continuidade do ano letivo do aluno, porém têm o direito de renovar ou não a matrícula para o período seguinte. Em caso de aluguel atrasado, há o risco do morador ter que desocupar o imóvel.

Modalidades para o consumidor negativado

Entre todos os modelos de crédito pessoal, existem aqueles que melhor se encaixam para as pessos que têm o nome negativado. Estas costumam oferecer juros mais reduzidos, girando em torno de 2% a 3% por mês pois oferecem à financeira algum bem como garantia.  No entanto, Ione Amorim, economista do Idec, alerta que, antes do consumidor negativado buscar um empréstimo, a melhor alternativa é negociar diretamente com os credores originais.

"A taxa de juros para renegociar uma dívida é muito menor". Segundo ela, a escolha por estas opções de crédito devem ser feitas após muitas análises e somente em situações de emergência "A gente está falando, basicamente, do crédito com garantia. No caso, ele não é só restrito a aposentados. Você pode pôr sua casa ou sua casa como garantia, se ela estiver quitada, a qualquer tempo", diz Ione.

"A pessoa, ao aderir a uma proposta como essa, vai colocar um bem que tem, muitas vezes, um valor maior. É uma super garantia para um empréstimo. Se acontecer qualquer coisa, ele vai perder esse bem", alerta Ione.  Para obter um dos empréstimos nesta modalidade, no entanto, é necessário fazer parte de algum dos grupos abaixo: 

Consumidor negativado pode usar aposentadorias ou pensões do INSS como garantia
Shutterstock
Consumidor negativado pode usar aposentadorias ou pensões do INSS como garantia

Aposentados e pensionistas do INSS

Quem é aposentado ou pensionista do INSS pode conseguir o crédito pessoal mesmo com o nome negativado. Nestes casos, é feito o empréstimo consignado – modelo que permite a liberação do crédito de forma direta no benefício dos aposenados e pensionistas, ou na folha de pagamento dos servidores públicos. Para as financeiras, há uma espécia de segurança com a estabilidade da aposentadoria e da pensão do INSS, diferentemente do que ocorre com trabalhadores da iniciativa privada. 

No refinanciamento imobiliário, imóvel quitado é utilizado como garantia de pagamento
Thinkstock/Getty Images
No refinanciamento imobiliário, imóvel quitado é utilizado como garantia de pagamento

Pessoas que possuem imóveis próprios

As pessoas negativadas que tem imóveis como posse também podem conseguir a liberação do crédito pessoal. O que acontece nestes casos é o empréstimo com refinanciamento imobiliário , modelo em o imóvel é colocado como garantia para a instituição financeira. Para que seja possível conseguir o empréstimo dessa forma, no entanto, é necessário que o imóvel já esteja completamente quitado.

Leia também: contabilidade financeira ou fiscal? Veja qual escritório procurar

Veículo pode ser oferecido à financeira como garantia de pagamento de um empréstimo
Shutterstock
Veículo pode ser oferecido à financeira como garantia de pagamento de um empréstimo

Pessoas que possuem veículos próprios

Assim como acontece com os imóveis, as pessoas que possuem veículos próprios também podem colocá-los como garantia de pagamento para a instituição financeira que realizará o empréstimo para negativado. Esta modalidade é a modalidade de empréstimo com refinanciamento de veículo . Nestes casso, o consumidor pode perder a casa ou o carro caso não consiga pagar todas as parcelas do empréstimo. 

Como saber se estou negativado

Existem algumas empresas que oferecem serviços de análise de crédito. As principais delas são a Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), a  Serasa e o Serviço de Proteção ao Crédito ( SPC ). Tratam-se de empresas distintas que possuem, cada uma, seu banco de dados próprio, alimentado por empresas como bancos e lojas. São estes credores que decidem se incluem o nome do consumidor em um ou mais serviços de análise de crédito.

Leia também: Saiba quais cuidados tomar com as novas regras do rotativo do cartão

Por manterem bancos de dados distintos, o consumidor negativado precisa se atentar sobre qual serviço em que foi incluído. "Você pode ter uma empresa que te cadastrou no Serasa. Se você for fazer uma consulta somente na Boa Vista SCPC, podem acusar que você não tem esse problema", explica Ione. Confira abaixo as principais diferenças entre os serviços de análise de crédito e saiba como verificar se seu nome está negativado em um deles:

Boa Vista SCPC

O banco de dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) conta com informações sobre pessoas físicas economicamente ativas e pessoas jurídicas constituídas no país e oferece serviços de análise de crédito para mais de 1,2 milhão de empresas de diversos segmentos. O consumidor que está negativado pode realizar uma consulta grátis pela internet  ou em um dos postos de atendimento  para verificar qual a pendência existe em seu nome. No caso da consulta online, é necessário realizar um rápido cadastro no site do serviço.

Com relatórios de classificação de risco de aproximadamente 140 milhões de brasileiros e 22 milhões de empresas, o arquivo da Boa Vista SCPC recebe cerca de 200 milhões de consultas mensais. Além da consulta do CPF em caso de negativação, os consumidores também podem consultar seu Score , isto é, a pontuação recebida pelo histórico de crédito no mercado que ajuda os bons pagadores a reivindicarem taxas mais vantajosas junto às empresas.

Para conseguir limpar o nome, consumidores precisam renegociar a dívida diretamente com o credor
iStock
Para conseguir limpar o nome, consumidores precisam renegociar a dívida diretamente com o credor

Leia também: Quer evitar o nome negativado? Confira três dicas para sair do vermelho

Para limpar o nome na Boa Vista SCPC, o consumidor precisa realizar a consulta pela internet ou em um dos postos de atendimento, identificar a empresa credora e buscar uma renegociação direta e sem a interferência do serviço de análise de crédito. Após a quitação, a empresa tem até 48 horas para retirar o apontamento negativo do consumidor no banco de dados.

Serasa

Presente no Brasil há mais de 45 anos, a Serasa Experian conta com um banco de dados que recebe cerca de seis milhões de consultas diárias realizadas por 500 mil estabelecimentos comerciais. O consumidor que deseja realizar uma consulta pode acessar o site Serasa Consumidor  e inserir seu CPF . Em seguida, é necessário realizar um rápido cadastro com dados como nome, data de nascimento e e-mail. O procedimento é gratuito.

A Serasa também mantém um serviço chamado Limpa Nome Online , que aproxima o consumidor e empresas credoras da dívida. Caso o serviço localize algum registro em seu nome, é possível entrar em contato com o estabelecimento e realizar todo o processo para regularizar sua situação. Neste caso, a Serasa não possui nenhum envolvimento com a negociação.

SPC

Com cerca de 450 mil empresas cadastradas e 1 milhão de pontos de vendas associados, o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) é o sistema administrado pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). O banco de dados oferece análises a respeito da condição de bom pagador de pessoas físicas e jurídicas para facilitar a tomada de decisão sobre a concessão de crédito pelas empresas.

Para o consumidor individual, o serviço oferece duas opções de consulta sobre a situação do CPF . Uma delas é por meio dos postos de atendimento presentes em todo o país, que ajudam a realizar pessoalmente a consulta do seu nome no mercado. Para realizar a consulta, basta levar o CPF e um documento com foto. Para encontrar a unidade do SPC mais próxima, acesse o site do serviço, clicando aqui .

Após a pesquisa, o serviço oferece um extrato com informações sobre o local em que o consumidor está com alguma conta em aberto. As informações ajudam a evitar o empréstimo para negativado. A partir daí, é possível entrar em contato com a empresa e iniciar um processo de renegociação da dívida ou pagar o valor total. Outra saída é adquirir os créditos na loja online do SPC . Por valores a partir de R$ 9,90, o consumidor pode realizar uma consulta de CPF e ter acesso a uma série de serviços adicionais.