Você sabe o que faz um bom líder? Como se comportar perante as pressões do mercado por resultados em curto e longo prazo? Como fazer uma gestão bem-sucedida? O empreendedor Evan Williams, por trás de Twitter, Blogger e Medium contou em entrevista à Inc. Magazine ter descoberto as respostas para todas essas perguntas. 

undefined
Divulgação
Evan Williams, co-fundador do Twitter, Blogger e Medium


Confira as respostas do empresário:

Qual o maior erro que você já cometeu como um líder?

"Eu abri meu primeiro negócio sem nunca ter trabalhado em uma empresa, então eu não sabia nada - foi de certa forma um processo de aprendizagem doloroso. A princípio, eu enxergava a gestão como um mal necessário: 'Eu não consigo fazer tudo sozinho, então acho que vou contratar funcionários, vou suportar esse fato e gerir o mínimo possível'. Acontece que isso não leva a grandes resultados. Você tem que pensar que seus funcionários são seus clientes mais importantes, e descobrir o que os fazem felizes.”

Então o que faz seus funcionários felizes?

"Confiança. Falta de confiança não parte necessariamente de pessoas que mentem e traem; ela geralmente é causada por falta de comunicação. Nas minhas primeiras duas empresas, eu esperava até que conversas difíceis se tornassem realmente difíceis. Eu não queria que isso acontecesse na Medium. A lição mais útil que aprendi é que você deve estar aberto sobre como está se sentindo, sem ser agressivo. Se você abordar as pessoas supondo que está do mesmo lado que elas, você pode colaborar para encontrar soluções para os problemas."

Como você se atém a metas ambiciosas de longo prazo quando investidores pressionam por resultados mais rápidos?

"Você precisa saber o que progresso realmente significa. É aceitável investidores pressionarem por resultados, mas se eles estão pressionando mais por resultados de curto prazo do que por resultados de longo prazo, você está encrencado. Progresso nem sempre surge na forma de monetização ou grandes números. Enquanto o Twitter foi criticado publicamente por levar muito tempo para começar a produzir lucro, ele não foi criticado pelos nossos investidores ou por nossa equipe. Não era uma questão de não saber fazer dinheiro; aquilo simplesmente não era a coisa mais importante que podíamos fazer. Estávamos cientes disso. Então quando começamos a, de fato, fazer dinheiro, tudo acabou funcionando muito bem."

Veja quem são os chefes mais chatos da ficção





    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários