Tamanho do texto

Agência aprova novas tarifas de custo adicional. Queda no valor final deve chegar a 3% em fevereiro

As contas de luz dos consumidores em todo o país vão ficar mais baratas a Partir do mês que vem. A diminuição no custo ocorrerá devido à decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de baixar os valores extras cobrados pelo sistema de bandeiras tarifárias. Também foi decido ontem que a bandeira de cor vermelha será dividida em dois patamares: o primeiro terá custo de R$ 3 e o segundo permanece em R$ 4,50 para cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumidos. A queda estimada no valor final das contas deve chegar a 3%, conforme a cor da bandeira que vai vigorar a partir de fevereiro.

A proposta aprovada ontem pela agência estabeleceu que o custo da bandeira amarela baixará de R$ 2,50 para R$1,50 a cada 100 kWh gastos pelos usuários, ou seja, redução de 40% na tarifa extra. Já a bandeira de cor verde não sofreu alteração e continua sem acrescentar qualquer valor à conta de luz.

Clique na imagem abaixo e veja o infográfico

Clique sobre a imagem e saiba como ficará a conta com novo sistema de bandeiras
Arte O Dia

O sistema de bandeira é um mecanismo de cobrança nas contas de luz para cobrir a elevação do custo de produção de energia com acionamento de usinas termo-elétricas, que geram energia mais cara. Essas unidades são ligadas pelo governo quando as hidrelétricas produzem menos devido ao baixo nível dos reservatórios de água.

Na próxima sexta-feira a Aneel decide qual será a cor da bandeira tarifária para o mês que vem. A expectativa é que a agência opte pelo patamar 1 da bandeira vermelha. Desta forma, o acréscimo na conta seria de R$ 3 a cada 100 kWh de energia consumida.

De acordo com o relator da proposta na Aneel, o diretor André Pepitone, o custo da termelétrica mais cara em operação está em R$600 para cada MWh produzido. Ele explicou que se situação for mantida, a partir de fevereiro a taxa extra a ser usada será a do primeiro patamar da bandeira vermelha.

Segundo simulação feita no site da Light, a conta de um cliente residencial no Rio que gastou 100 kWh este mês terá custo final de R$75,53, já incluídos impostos e a bandeira tarifária vermelha de R$ 4,50, que vigora no país desde o ano passado. Com a mudança nos valores, caso a tarifa passe a ser a do patamar 1, o valor da conta deste cliente cairá a R$74,01 em fevereiro, com uma redução de 2,01% no total a ser pago a partir do mês que vem.

Mas se Aneel escolher a bandeira amarela, a conta de luz terá variação. Pelo atual valor de tarifa de R$2,50 por 100 kWh consumidos, o custo com energia elétrica ficaria em R$ 73,53. Já com o valor anunciado ontem para a bandeira de R$1,50, a conta cobrada seria de R$ 72,53 (-1,36%).

Bandeiras tarifárias são acionadas quando a geração de energia hidrelétrica precisa das usinas térmicas
Reprodução
Bandeiras tarifárias são acionadas quando a geração de energia hidrelétrica precisa das usinas térmicas

DICAS

USO EFICIENTE

Diretor da Aneel, André Pepitone da Nóbrega destacou que para os consumidores, a bandeira vermelha continua a indicar que a energia tem custo alto e que devem ser mantidos uso eficiente e evitar desperdício de luz.

AR-CONDICIONADO

Mantenha o filtro sempre limpo e o termostato regulado. A potência do aparelho deve ser adequada ao ambiente. Mantenha portas e janelas bem fechadas ao ligar o ar. Proteja a parte externa da exposição do sol. Não bloqueie a grade de ventilação. Ao sair do ambiente, desligue o aparelho.

CHUVEIRO ELÉTRICO

Evite banhos demorados e em horários das 18h às 21h. Use a opção verão que reduz o consumo em até 30%. Ao ensaboar-se, desligue a torneira do chuveiro. Use resistências originais.

ILUMINAÇÃO

Substitua lâmpadas incandescentes por fluorescentes que consomem até 75% menos e duram mais.Durante o dia, aproveite a iluminação natural. Apague a luz em locais desocupados. Use sensores de presença em áreas comuns de baixa circulação.

GELADEIRA

Instale em locais afastados da parede e de fogão. Evite abrir a porta várias vezes. Não guarde alimentos quentes. Não coloque roupas para secar na parte de trás. Descongele regularmente. Mantenha a borracha da porta em bom estado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas