O mercado brasileiro encontra-se em um período marcado por incertezas, onde o ponto de atenção está voltado para a recuperação da economia, a alta da inflação e os problemas fiscais, deixando os investimentos com alto risco de volatilidade.

No entanto, ainda existem alternativas para se proteger de todo esse caos. Sendo assim, uma boa opção é investir em ouro, que representa a reserva de valor “mais clássica” da história da humanidade. Além disso, a correção dos preços das commodities superior ao esperado acendeu um sinal de alerta no mercado.

Sendo assim, saiba porque o ouro é uma ótima opção de investimento para se proteger contra a inflação:

Leia Também

Inflação vs ouro

Atualmente, a inflação do Brasil (medida pelo índice IPCA ) encontra-se em 10,67% no acumulado dos últimos 12 meses. De acordo com alguns analistas, períodos assim são historicamente positivos para o ouro.

Portanto, aos investidores brasileiros que posicionarem seu dinheiro nesse tipo de ativo, na atual conjuntura, será bastante benéfico. Isso porque o ouro é basicamente uma reserva de valor, ou seja, ele mantém seu preço mesmo com as moedas mundiais em queda.

“O ouro tem correlação negativa com o Ibovespa, então uma forma de se proteger contra quedas da Bolsa é ter o metal na carteira”, afirma José Raymundo de Faria Júnior, planejador financeiro certificado CFP.

Momento positivo para o ouro

“A gente não está conseguindo ancorar a inflação. Apesar do processo de normalização de juros no Brasil e nos Estados Unidos, acho que é benéfico ter posições em ouro”, pontua Matheus Spiess, analista da Empiricus .

Leia Também

Leia a matéria completa no site do 1Bilhão .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários