A primeira-dama Michelle Bolsonaro pediu que item da reforma da Previdência fosse retirado
Marcos Corrêa/PR - 1.1.19
A primeira-dama Michelle Bolsonaro pediu que item da reforma da Previdência fosse retirado

A primeira-dama Michelle Bolsonaro fez um pedido ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) que envolve a reforma da Previdência, principal proposta do governo, cobrando que um item presente no texto original seja retirado. O ponto em questão prevê que deficientes intelectuais com grau leve ou moderado deixem de receber pensão em caso da morte dos pais.

Leia também: Miliciano preso por grilagem de terras no DF é tio de Michelle Bolsonaro

Em resposta, o presidente defendeu nesta sexta-feira (31), em Goiânia, que seja retirado da proposta de reforma da Previdência o item questionado por Michelle Bolsonaro . O texto, em tramitação na comissão especial da Câmara, destina a pensão apenas aos deficientes com grau grave ou inválidos. A primeira-dama cobrou que deficientes intelectuais com grau leve ou moderado devem seguir tendo direito à pensão.

"Você sabe que os pedidos da primeira-dama geralmente são irrecusáveis e inadiáveis. Já passamos para o Rogério Marinho [Secretário especial de Previdência do Ministério da Economia] e tenho certeza que ele vai atender a primeira-dama", disse Bolsonaro em entrevista à TV Brasil Central (TBC), emissora do governo goiano.

Leia também: Sem Previdência, "caos" pode trazer populismo e PT de volta, teme Bolsonaro

Bolsonaro chegou a Goiânia na manhã desta sexta-feira, acompanhado do ministro da Infraestrutura, Tarcisio Freitas, e do líder do governo na Câmara, Major Vítor Hugo (PSL-GO). Ele foi recebido pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), para um café com outras autoridades no Palácio das Esmeraldas, sede do governo estadual.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários