Brasil Econômico

Jair Bolsonaro e Michelle Bolsonaro na posse
Marcos Corrêa/PR - 1.1.19
A primeira-dama Michelle Bolsonaro pediu que item da reforma da Previdência fosse retirado

A primeira-dama Michelle Bolsonaro fez um pedido ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) que envolve a reforma da Previdência, principal proposta do governo, cobrando que um item presente no texto original seja retirado. O ponto em questão prevê que deficientes intelectuais com grau leve ou moderado deixem de receber pensão em caso da morte dos pais.

Leia também: Miliciano preso por grilagem de terras no DF é tio de Michelle Bolsonaro

Em resposta, o presidente defendeu nesta sexta-feira (31), em Goiânia, que seja retirado da proposta de reforma da Previdência o item questionado por Michelle Bolsonaro . O texto, em tramitação na comissão especial da Câmara, destina a pensão apenas aos deficientes com grau grave ou inválidos. A primeira-dama cobrou que deficientes intelectuais com grau leve ou moderado devem seguir tendo direito à pensão.

"Você sabe que os pedidos da primeira-dama geralmente são irrecusáveis e inadiáveis. Já passamos para o Rogério Marinho [Secretário especial de Previdência do Ministério da Economia] e tenho certeza que ele vai atender a primeira-dama", disse Bolsonaro em entrevista à TV Brasil Central (TBC), emissora do governo goiano.

Leia também: Sem Previdência, "caos" pode trazer populismo e PT de volta, teme Bolsonaro

Bolsonaro chegou a Goiânia na manhã desta sexta-feira, acompanhado do ministro da Infraestrutura, Tarcisio Freitas, e do líder do governo na Câmara, Major Vítor Hugo (PSL-GO). Ele foi recebido pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), para um café com outras autoridades no Palácio das Esmeraldas, sede do governo estadual.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários