Dono de famoso mercado da deep web prevê Bitcoin a US$ 1.200

Depois de prever, no início do ano, que o Bitcoin chegaria a US$ 20 mil até o final de 2020, o criador da Silk Road, Ross Ulbricht, declarou que revisou suas análises e que a principal criptomoeda do mercado deve passar por uma grande correção novamente que pode levar seu valor até US$ 1200.

Segundo Ulbricht, sua previsão de preço anterior precisou ser revisada após o BTC cair para US$ 3.850 em 13 de março, invalidando, desta forma, os prognósticos anteriores.

Veja:  Votação do orçamento de guerra é adiada para quarta-feira

Segundo Ulbricht, sua previsão se baseia na teoria das ondas de Ellitot (Elliott Wave Theory), um método de análise de mercado que visa prever ações de preços futuros, identificando a psicologia das multidões que se manifesta nas ondas.

Desta forma, usando a teoria, Ulbricht diz que o Bitcoin está agora na “onda II” de uma correção de longo prazo que pode desencadear uma queda potencial para US$ 1.200.

“Os dois mercados em baixa anteriores (de grau primário) reduziram os preços em 86% e 94%. Uma redução equivalente na onda II levaria os preços a US$ 2.800 ou US$ 1.200”, disse.

Ulbricht também ofereceu um cronograma sobre quando o mercado em baixa pode terminar. Para ele, a correção pode terminar em junho de 2020 ou pode durar até 2021.

Leia:  Banco Mundial prevê queda de 5% no PIB brasileiro 

Ele argumentou que a onda II testará a coragem dos investidores hardcore do Bitcoin. Depois que a onda corretiva terminar, ele acredita que o Bitcoin começará um novo mercado em alta e quebrará sua máxima histórica.

“O final da onda II será acompanhado por extremo pessimismo e possivelmente antagonismo em relação ao Bitcoin, a par do extremo otimismo que acompanhou o final da onda I… Será preciso coragem para comprar em um ambiente como esse, mas as recompensas à medida que a onda III levar os preços a novos máximos valerão a pena”, declarou.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários