Tamanho do texto

Moeda americana avança 0,21%; saque de recursos do FGTS e eleição do premier britânico Boris Johnson seguem no radar dos investidores

Após o fechamento em queda na véspera, o  dólar comercial voltou a subir nesta terça-feira (23). A moeda americana avança 0,21%, valendo R$ 3,747. O que está no radar dos investidores é a liberação de recursos do FGTS, na cena doméstica, e a escolha do novo premier do Reino Unido, na agenda internacional.

Boris Johnson arrow-options
Reprodução/Twitter
Novo primeiro-ministro teve ampla maioria dos votos válidos e eleição está no radar dos investidores

Nesta segunda, fontes da equipe econômica anteciparam que o governo federal quer limitar, de forma pontual,  os saques das contas ativas do FGTS a R$ 500 por cotista neste ano. Diante deste cenário, os investidores  começam a rever as projeções que tinham feito inicialmente sobre o estímulo à economia brasileira no segundo semestre.

Ainda na cena doméstica, o governo federal vai anunciar nesta terça a abertura do mercado de gás natural , em um projeto chamado "choque de energia barata". Esta é uma aposta da equipe econômica para dinamizar a indústria brasileira.

Do lado internacional,  Boris Johnson foi eleito novo líder do Partido Conservador britânico e, consequentemente, sucessor de Theresa May. Ex-prefeito de Londres, Johnson afirmou que pretende "energizar o país e garantir o Brexit no dia 31 de outubro" em seu discursos após a vitória.

A preocupação dos investidores é como ele lidará com a saída do Reino Unido da União Europeia. O temor do mercado é que a saída seja feita sem acordos, o que pode impactar a economia da Europa como um todo.