Tamanho do texto

Com exterior morno, restou ao mercado esperar pela ida de Paulo Guedes à CCJ e torcer por avanços quanto à possibilidade de aprovação da reforma

undefined
Getty Images
Por ora, os investidores do Ibovespa seguem cautelosos e esperam por avanços quanto à aprovação da nova Previdência

Na falta de acontecimentos marcantes no exterior e no aguardo de novidades sobre a reforma da Previdência, os investidores da Bolsa de Valores seguiram cautelosos no segundo pregão da semana. O Ibovespa, principal indicador de desempenho da B3, fechou a terça-feira (2) em leve queda de 0,7%, a 95.386 pontos, enquanto a cotação do dólar caiu 0,5%, chegando a R$ 3,8570.

O desempenho negativo do Ibovespa foi puxado pelas ações do Banco do Brasil, Bradesco e Itaú, que caíram 0,87%, 1,28% e 1,58%, respectivamente. O destaque positivo ficou com a Petrobras, que encerrou o dia com valorização de 1,04%. Ao bater a casa dos R$ 3,85, o dólar, por sua vez, chegou ao menor valor desde 21 de março, quando era cotado a R$ 3,80.



Hoje (3), o mercado está atento à ida de Paulo Guedes à CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados. O ministro participará de uma audiência pública para discutir a reforma da Previdência e conquistar o apoio de parlamentares. Guedes havia sido convidado na semana passada , mas cancelou sua participação após rumores de que o encontro seria boicotado por partidos contrários às mudanças propostas.

Por ora, apenas o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, se mostrou mais flexível a possíveis mudanças na PEC (Proposta de Emenda Constitucional) sugeridas pelos parlamentares. Ontem (2), questionado sobre propostas para o BPC (Benefício de Prestação Continuada) e a aposentadoria rural, as mais polêmicas, o secretário disse que "se a maioria [dos deputados] defender, serão suprimidas" .

Entenda os pontos do Ibovespa

De forma resumida, os pontos divulgados no noticiário representam o preço das ações que compõem o  Ibovespa multiplicado pela quantidade teórica de ações, que é divulgada diariamente pela B3. Anunciar que o Ibovespa encerrou o dia em 95.386 pontos, como aconteceu ontem, é como dizer que um investidor hipotético que queira comprar os mesmos papéis pertencentes ao índice deve desembolsar exatamente R$ 95.386,00.



Essa carteira hipotética de ações é reformulada pela B3 a cada quatro meses, mas a metodologia do sistema de pontos é a mesma desde a criação do Ibovespa , tendo passado apenas por algumas readequações para facilitar sua divulgação. A última foi em 1997, quando o total de pontos foi dividido por 10. A lista de empresas que integram o índice pode ser consultada a qualquer momento no site oficial da B3 .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.