.
Rodrigo Digital
Brasil dá autonomia ao Banco Central


Uma novidade, em relação à circulação de dinheiro no país, deve acontecer em breve: a substituição da moeda física pela versão digital do Real. A declaração foi feita pelo presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, em coletiva sobre o lançamento do Pix nesta segunda-feira (16).

Segundo ele, o dinheiro físico pode acabar em breve . "O projeto de uma CBDC para o Brasil combina com várias iniciativas de inovação, como o aperfeiçoamento do câmbio, o Pix, o open banking. Nessa histeria de inovação, nós também já iniciamos o estudo para emissão de uma moeda digital", afirmou.

O presidente do BC ofereceu mais informações uma possível CBDC — sigla para "Central Banks Digital Currencies", moedas digitais emitidas por bancos centrais. Segundo o presidente do BC, a ideia é substituir o dinheiro físico pelo digital. "É uma moeda digital que nós entendemos que vai se estender e que vai, aos poucos, substituir a moeda física."

Mas a substituição será gradativa . "Nós estamos avançando nesse caminho de ter uma moeda digital, ter um processo mais digital, mas isso não significa que vai substituir a moeda fisica totalmente em um primeiro momento, e isso também não quer dizer que o intuito é fazer moeda só para câmbio ou só para um produto. Não. O intutito é ter uma moeda digital como um todo. É ter o real digitalizado", disse Campos Neto.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários